iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

13/11 - 10:20

Buffon revela ter sofrido grave depressão por seis meses
Goleiro da Juventus relatou período ruim em sua biografia; período mais crítico foi entre dezembro de 2003 e junho de 2004

Trivela.com

TURIM (Itália) - Gianluigi Buffon se tornou um dos melhores goleiros do mundo. No entanto, o jogador da Juventus conheceu períodos bastante amargos em sua carreira. Em sua biografia, escrita ao lado do jornalista Roberto Perrone, ele admitiu ter vivido um período de depressão. O diário La Stampa publicou nesta quinta-feira alguns trechos da obra, chamada “Número 1”.

“Não estava satisfeito com minha vida e com o futebol, e portanto com o meu trabalho. Minhas pernas tremiam. Conheci um buraco negro na alma durante seis meses. Caí em depressão e fui atendido por um psicólogo”, revelou.

De acordo com o goleiro, seu período mais crítico foi entre dezembro de 2003 e junho de 2004. Buffon conta que finalmente se livrou de seus problemas justamente em um momento do qual tinha mais temor: a Eurocopa-2004.

“Poderia ter milhares de razões, mesmo se você for rico e famoso. Você pode não encontrar a melhor companhia, não ganhar a Liga dos Campeões, ou então não conseguir apreciar o que tem. Você se afunda na dúvida. Foi realmente um período ruim. As pessoas não se preocupam em saber como você está. Elas te vêem como o jogador, o ídolo, e ninguém pergunta como você vai. Parece que você se torna escravo da própria imagem”, diz Buffon em outro trecho.

 

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias