iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

12/11 - 20:59

Procurador de Kléber Pereira contesta declarações do presidente
"Aonde já se viu multa de US$ 70 milhões pela liberação de um jogador de futebol com 33 anos de idade e que não custou nada ao clube?˝, disse Daniel Pereira

Gazeta Esportiva

SANTOS - O procurador e irmão de Kléber Pereira, Daniel Pereira, rebateu na noite desta quarta-feira as declarações do presidente do Santos, Marcelo Teixeira, que disse que o valor da multa rescisória do atacante para equipes brasileiras era de US$ 30 milhões (R$ 66,75 milhões) e US$ 70 milhões (R$ 155,75 milhões) para clubes do exterior. Segundo Daniel Pereira, o valor é absurdo e não corresponde ao que foi acertado entre o centroavante e o time da Vila Belmiro.

˝Se o presidente falou isso talvez não tenha lido direito o contrato, mas eu li. Aonde já se viu multa de US$ 70 milhões pela liberação de um jogador de futebol com 33 anos de idade e que não custou nada ao clube?˝, questionou.

O agente do goleador garantiu ter toda a documentação necessária para comprovar o que está dizendo. ˝Tenho a cópia do contrato, que vai até dezembro de 2009. Nele consta que a multa é de US$ 5 milhões para o exterior e US$ 10 milhões para times brasileiros˝, afirmou.

Apesar da polêmica em torno da negociação – de 6 milhões de euros (R$ 16,7 milhões) em salários ao jogador, por um contrato de dois anos –, o procurador do artilheiro do Campeonato Brasileiro assegurou que o assunto só será resolvido após o término da competição. ˝ Até lá a única preocupação do Kléber é ajudar o Santos a conquistar uma posição melhor no Brasileirão˝, concluiu.


Leia mais sobre: Kléber Pereira Santos



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo