iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

12/11 - 14:39

Dupla de ataque palmeirense preocupa “espião” Caio Júnior

"Considero os dois atacantes do Palmeiras (Kléber e Alex Mineiro) como os melhores do campeonato", disse o treinador

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Técnico do Palmeiras na temporada de 2007, Caio Júnior reconheceu que poderá ter algum benefício na partida decisiva do próximo domingo, no Maracanã, por conhecer parte do elenco alviverde. O comandante rubro-negro não esconde a ansiedade para o novo reencontro.

”É uma vantagem talvez, conhecer um detalhe a mais ou outro de jogadores que trabalharam comigo. Mas é minha obrigação saber dos outros adversários. E será um jogo decisivo que pode valer vaga na Libertadores e neste aspecto é um jogo emocionante. Tenho certeza que faremos um grande jogo”, acredita o treinador.

Estudioso, Caio Júnior também ressalta a mudança tática feita pelo Palmeiras no decorrer do Brasileiro, quando Wanderley Luxemburgo alterou o esquema tático do Verdão. “O Palmeiras jogou em uma forma de jogo no início do campeonato e mudou depois com o Martinez jogando como um zagueiro. Esta foi a grande novidade do Palmeiras, mas não sei se vai ser assim no domingo”, comentou Caio.

O comandante flamenguista já conversou com seus atletas e alertou para aquilo que ele considera o ponto mais forte do adversário do próximo domingo. “Considero os dois atacantes do Palmeiras (Kléber e Alex Mineiro) como os melhores do campeonato. Eles se movimentam bastante, finalizam bem e precisaremos ter bastante atenção”, ressaltou.

Fora de campo, o Flamengo segue negociando a renovação de contrato com a Petrobrás. A estatal desmentiu a informação passada pelo clube, de que os valores passariam dos R$ 20 milhões anuais, mais do que os R$ 16 milhões pagos atualmente.

”Não iremos pagar R$ 20 milhões ao Flamengo, ainda mais em um momento de crise como agora. Mas estamos conversando, está tudo em bom andamento”, garantiu o gerente de patrocínio esportivo da Petrobras, Cláudio Thompson, ao jornal O Dia.

O Rubro-Negro também vive briga judicial com a Nike, atual fornecedora de material esportiva. O clube tenta romper o contrato para assinar com a Vulcabrás, que já teria até feito um adiantamento ao Flamengo.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo