iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

12/11 - 13:08

Por falta de salários, meia Carlos Alberto deixa o Botafogo
Meia que pertence ao Werder Bremen entrou na Justiça por não receber salários e FGTS

Redação iG Esporte com agências

SÃO PAULO - O meia Carlos Alberto abandonou o elenco do Botafogo que disputará as últimas quatro rodadas do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, o atleta faltou do treino e se despediu dos companheiros.

“Infelizmente, fui obrigado a tomar esta atitude para buscar na Justiça meus direitos como trabalhador. Tive paciência ao longo da temporada, procurei entender as dificuldades financeiras pelo qual o clube estava passando, tentei buscar um acordo, conversei com o presidente Bebeto de Freitas, mas não consegui uma solução”, explicou em nota oficial.

O jogador, que tem os seus direitos federativos ligados ao Werder Bremen, da Alemanha, decidiu entrar na Justiça contra o Alvinegro para cobrar os seus direitos.

Em seu comunicado, além dos salários, Carlos Alberto reivindica o pagamento do FGTS e do INSS, que não foram depositados desde a assinatura de seu contrato, em 6 de maio. De acordo com o meia, o clube sequer requereu a abertura de uma conta para o depósito do Fundo de Garantia, como é praxe nesses casos.

Além disso, a diretoria botafoguense não efetuou o pagamento dos direitos de imagem de Carlos Alberto, como havia sido acertado no compromisso do jogador – que recebeu apenas parte da primeira das três parcelas em 1º de julho. As seguintes de 1º de outubro de 2008 e 1º de fevereiro de 2009, ainda não foram depositadas.

O jogador esteve em General Severiano na manhã desta quarta-feira para se despedir do técnico Ney Franco e dos agora ex-companheiros, já que, segundo o próprio Carlos Alberto, não fará mais parte do grupo. “Agradeço o carinho com que jogadores, funcionários e comissão técnica sempre me trataram e sei que eles vão entender a situação”, disse o meia, que lamentou o problema.

“Já trabalhei em clubes no Brasil e no exterior e esta é a primeira vez que tenho de recorrer à Justiça para receber meus direitos. O Botafogo é um clube grande e vai seguir sua vida, assim como vou seguir a minha”, finalizou.

Contratado pelo clube em maio após deixar o São Paulo, Carlos Alberto marcou seis gols em 23 jogos no Brasileirão. Já na Copa Sul-Americana, o meia anotou quatro.

Crise em General Severiano
Atravessando graves problemas financeiros, o Botafogo conseguiu pagar nesta terça-feira os salários de setembro do elenco alvinegro. O atraso já vinha incomodando alguns jogadores, que chegaram a reclamar publicamente do problema que tem impedido até mesmo que o clube multe os indisciplinados do grupo.

Agora, a diretoria corre para saldar o resto da dívida nos próximos dias. Paralelamente, também luta contra uma decisão do Ministério Público de aplicar uma multa de R$ 2 mil por dia por cada salário atrasado no Botafogo.

A perspectiva de novas receitas para o Botafogo neste ano, no entanto, não é animadora. Eliminado nas quartas-de-final da Copa Sul-Americana, o Alvinegro também não luta por mais nada no Brasileiro e a tendência é que os jogos que ainda restam no Engenhão não recebam um grande público.

*Com Gazeta Esportiva


Leia mais sobre: Botafogo Carlos Alberto



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Adeus, Fogão?
Carlos Alberto falta ao treino, se despede dos companheiros e vai à Jusitça contra o Bota

Topo