iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

11/11 - 17:28

Náutico entra com representação na CBF contra Simon

Juiz apitou partida entre Coritiba e Náutico e, de acordo com pernambucanos, deixou de dar pênalti para o Timbu

Gazeta Esportiva

RECIFE - A diretoria do Náutico entrou com um pedido na Comissão de Arbitragem de CBF contra o árbitro Carlos Eugênio Simon nessa segunda-feira. O juiz apitou a partida entre o Coritiba e o Timbu no domingo e, de acordo com os pernambucanos, deixou de dar um pênalti que poderia dar a vitória ao time do técnico Roberto Fernandes.

A partida terminou 0 a 0 e colocou o Náutico na zona do rebaixamento. Revoltado com o resultado, o presidente Maurício Barros pediu que sejam tomadas as “providências cabíveis” contra Simon.

Segue abaixo a nota oficial, publicada no site do Náutico:

O CLUBE NÁUTICO CAPIBARIBE, entidade sócio-esportiva inscrita no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas do Ministério da Fazenda (CNPJ) sob o n° 08.145.021\ 0001-07, com sede e foro na Av. Conselheiro Rosa e Silva, n º 1086, no Bairro dos Aflitos, na Cidade do Recife- PE, aqui doravante designado simplesmente de Náutico, neste ato legalmente representado pelo seu Diretor Presidente, no final assinado, vem à presença de VSas oferecer PROTESTO, expondo e ao final requerendo o seguinte:

O árbitro Carlos Eugenio Símon foi escalado\sorteado para conduzir a partida realizada no último domingo (0908) com a participação do NÁUTICO contra o Coritiba\PR, pela Série A, do Campeonato Brasileiro de Futebol Profissional.

Ocorre que, logo no início da partida, o árbitro deixou de assinalar um tiro livre da marca penal, que fatalmente mudaria o resultado da partida. Tratou-se de pênalti claro e indiscutível, como se observa da prova de vídeo anexa, fato esse incontroverso por toda a imprensa.

Atitudes como essas, classificadas como erros grosseiros, acabam por descredibilizar o campeonato, razão pela qual se apresenta o presente PROTESTO, aguardando-se que sejam tomadas as providências cabíveis

Recife, 10 de novembro de 2008 Maurício Cardoso de Barros Diretor Presidente do Náutico


Leia mais sobre: Náutico Carlos Eugênio Simon



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo