iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

11/11 - 20:28

“Grosso na linha”, Marcos evita comparações com Rogério Ceni

”Não fui na área para fazer o gol, eu sei que sou grosso, mas um cara de 2 metros de altura atrapalha muito”

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Ajudar o Palmeiras. Essa foi a intenção do goleiro Marcos ao abandonar sua meta e buscar o ataque na partida contra o Grêmio. Humilde, o arqueiro ressaltou que o objetivo principal era trombar com a zaga adversária para que a bola sobrasse a algum companheiro dentro da área em condições de gol.

”Não fui na área para fazer o gol, eu sei que sou grosso, mas um cara de 2 metros de altura atrapalha muito”, justificou o capitão alviverde, que rechaçou comparações com Rogério Ceni, que tem a fama de goleiro-artilheiro. “Eu sei que ele é muito melhor do que eu nisso”, emendou.

Porém, Marcos acredita que, se o goleiro do Tricolor saísse para o ataque, a repercussão seria diferente. Além disso, o arqueiro alviverde lembra que, com as bolas nos pés, tem poucos equívocos em sua carreira.

“Em mais de 400 jogos, errei apenas duas vezes, aquela furada contra o Vitória e uma bola que fui tocar ao lateral-esquerdo e o Nilmar roubou contra o Inter. No tiro de meta, eu acerto onde o Vanderlei quer”, lembrou Marcos. “Eu vejo o futebol europeu, o Buffon (goleiro da Juventus, da Itália) e o Cech (goleiro do Chelsea, da Inglaterra) dão bico para o mato. São apenas dois ou três que sabem jogar”, completou.

Ainda tomando como base a função de Rogério Ceni no São Paulo, Marcos espera que seus companheiros de linha no Palmeiras entendam sua atitude diante do Grêmio. “O Rogério bate faltas e pênaltis e não quer dizer que o São Paulo não tenha bons jogadores para isso. Ele somente se especializou”, lembrou.

“Se o Alex Mineiro estiver em cima da linha e tirar a bola de nosso gol, não vou achar que ele desconfia de mim”, emendou Marcos.

Leia mais sobre: Palmeiras Marcos



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo