iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/11 - 16:16

Maradona convence Mascherano a ser capitão da seleção argentina
Maradona chegou na segunda-feira de uma viagem à Europa, onde se encontrou com vários jogadores

Reuters

BUENOS AIRES (Argentina) - O novo técnico da seleção argentina, Diego Maradona, disse na segunda-feira que convenceu Javier Mascherano, do Liverpool, a ser o capitão da equipe. Maradona chegou na segunda-feira de uma viagem à Europa, onde se encontrou com vários jogadores que enfrentarão a Escócia no dia 19 de novembro, em Glasgow, em um amistoso -- o primeiro do ciclo do ex-jogador como técnico da seleção.

"Foi um saldo positivo ao máximo. Todos querem a revanche de que estamos precisando e estão dispostos a dar um pouquinho mais do que deram", afirmou Maradona.

Maradona viajou com o ex-treinador e seu auxiliar técnico de seleções, Carlos Bilardo, para Inglaterra, Alemanha e Espanha. Neste países, conversou com Martín Demichelis, Sergio "Kun" Aguero, Lionel Messi, Gabriel Heinze, José Sosa, Carlos Tevez, Fabricio Coloccini, Jonás Gutiérrez,, Maximiliano Rodríguez e Fernando Gago.

Maradona, 48, assumiu a seleção no dia 4 de novembro, depois que Alfio Bastile deixou o cargo após perder para o Chile e deixar a Argentina, que foi campeã mundial em 1978 e 1986, em terceiro lugar nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2010.

Rapidamente Maradona disse querer que Mascherano fosse o capitão da equipe, mas o jogador, ex-Corinthians, afirmou que não podia assumir o posto, ocupado pelo veterano Javier Zanetti.

"Convenci Masche porque era uma decisão minha", disse Maradona à emissora de rádio La Red, horas depois de sua chegada ao país, quando não quis conversar com os jornalistas.

"Sentia que precisava dele como capitão, para minha etapa na seleção", acrescentou Maradona, que afirmou que sua equipe contará com "Mascherano e mais 10".

Maradona reiterou que não fará muitas alterações na equipe de Basile. "Não pensamos em mudar muito, as modificações serão feitas aos poucos", disse Maradona, que confirmou que conversará com o meia do Boca Juniors Juan Román Riquelme, para saber como está depois de uma intensa temporada.

"Ninguém quer deixar o Riquelme de fora, mas tenho de falar com ele porque ele jogou muitas partidas", explicou.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo