iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/11 - 19:08

Ex-jogador uruguaio é preso por estelionato em São Paulo
Hector Alejandro Ramos Ramires, ex-Peñarol, admitiu ser membro de quadrilha internacional de estelionatários

Redação iG Esporte

SÃO PAULO - O comerciante Hector Alejandro Ramos Ramires, 26 anos, ex-jogador de futebol do Club Atlético Peñarol, do Uruguai, foi preso por agentes da Delegacia de Repressão a Roubo a Bancos do Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado (Deic) de São Paulo. Ramires é membro de uma quadrilha internacional de estelionatários.

Detido no estacionamento de um flat localizado na rua Tenente Negrão, no bairro do Itaim Bibi, o suspeito admitiu fazer parte do esquema fraudulento, com o qual a quadrilha consegue informações sobre correntistas da rede bancária brasileira e realiza saques em cidades uruguaias, para dificultar a ação da polícia.

Com ele, a polícia encontrou material utilizado em clonagem de cartões bancários. Ramires alugava um apartamento de elevado padrão e portava um carro de luxo. Sua passagem pelo Peñarol foi tímida.

Com 45 títulos nacionais, cinco Copas Libertadores e três títulos Mundiais, o Peñarol é um dos clubes uruguaios com maior prestígio internacional, mas não obtém nenhuma conquista de expressão desde 2003.


Leia mais sobre: Hector Alejandro Ramos Ramires Peñarol



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AE

Detido no Brasil
Hector Ramires fazia parte de uma quadrilha internacional de estelionatários

Topo