iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/11 - 13:41

De surpresa, empresário paulista compra direitos de Patric
Segundo informações, interesse do empresário é manter Patric no Brasil, e Internacional, Sport, Fluminense e Vasco podem ser o destino do jogador

 

Gazeta Esportiva

CRICIÚMA - A novela a respeito da transferência do lateral Patric, do Criciúma, para o futebol alemão ganhou uma reviravolta impressionante. Neste final de semana, aproveitando-se da demora na negociação, um empresário paulista foi mais rápido, atravessou as conversações e adquiriu os direitos federativos do jogador.

A informação foi divulgada nesta segunda-feira pelo portal Clic RBS, que não divulgou o nome do agente responsável pelo turning point da história. Sabe-se apenas que o interesse do empresário é manter Patric no Brasil, e que Internacional, Sport, Fluminense e Vasco têm interesse no jogador.

O lateral sequer enfrentou o Corinthians no último sábado, quando o time foi derrotado por 2 a 0 no Heriberto Hülse. Mesmo tendo condições de atuar, Patric foi poupado por precaução, já que seus direitos já se encontravam em negociação. Em seu lugar, o técnico Luiz Gonzaga Milioli escalou Luiz André, que deve herdar o posto até o final do ano.

Destaque do Criciúma no segundo semestre, o jovem lateral vinha sendo negociado com um empresário da Alemanha, que pretendia leva-lo para disputar a primeira divisão de seu país. O negócio já estava verbalmente fechado, dependendo apenas da assinatura do contrato para selar a venda do jogador, que defenderia seu atual clube até o final do ano e que renderia € 500 mil (pouco menos de R$ 1,4 milhão) aos cofres do Tigre.

No entanto, o empresário paulista levou a melhor e bateu o martelo por R$ 1,35 milhão, que será pago em duas parcelas. Com a saída confirmada, o jovem lateral – de apenas 18 anos – viajou já no sábado para Porto Alegre, onde passará 30 dias de férias ao lado de sua esposa.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo