iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/11 - 19:14

Tcheco exime Marcos de culpa e admite: 'Tive sorte'
"Esse é um tipo de lance difícil para o goleiro. A bola entrou rente à trave e não acho que tenha sido falha do Marcos", disse

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Autor do gol que decretou a vitória do Grêmio sobre o Palmeiras por 1 a 0 e levou o Grêmio à vice-liderança do Campeonato Brasileiro neste domingo, em pleno Palestra Itália, o meio-campista Tcheco isentou o goleiro Marcos de qualquer culpa no lance decisivo do duelo. Para o camisa dez do Tricolor gaúcho, o lance do gol ocorreu de forma inusitada e o pentacampeão não falhou.

"Esse é um tipo de lance difícil para o goleiro. A bola entrou rente à trave e não acho que tenha sido falha do Marcos", opinou.

Ao explicar a jogada, na qual recebeu pelo lado esquerdo do campo e, de forma despretensiosa, cruzou na área, surpreendendo o camisa 12 alviverde, Tcheco admitiu: levou sorte para garantir os três pontos aos gremistas.

"Não tentei chutar para o gol. Fui rolando a bola, ninguém chegou perto de mim e eu bati cruzado em direção ao gol, como o professor Celso (Roth, técnico) sempre me pede. Tive sorte e a bola entrou direto", finalizou.

O goleiro Victor, destaque gremista na competição, também isentou Marcos de culpa. "É difícil. Todos passam na frente do goleiro e ele fica esperando um desvio. Na hora em que tenta reagir, às vezes é tarde. Foi isso o que aconteceu, mas o Marcos não tem culpa. Temos que dar os méritos para a batida do Tcheco".


Leia mais sobre: Tcheco Grêmio



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo