iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/11 - 22:25

Diguinho enaltece raça e dispara contra árbitro
"Para nós ele não marca, mas para eles ele marca. Não dá para entender. Já tivemos problema com este árbitro, mas a CBF escalou ele novamente", disse

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O volante Diguinho era um dos jogadores do botafogo mais inconformados na saída do gramado após a derrota por 1 a 0 no clássico contra o Flamengo. O motivo da raiva era o árbitro Marcelo de Lima Henrique, o mesmo que apitou a polêmica final da Taça Guanabara entre os dois rivais.

O juiz teria deixado de marcar um pênalti a favor do Alvinegro logo no início do jogo: Jorge Henrique foi derrubado pelo goleiro Bruno. No fim do segundo tempo, em contrapartida, viu falta dentro da área em Ibson. Kleberson cobrou com precisão e garantiu os três pontos para o Rubro-negro.

“Não faltou luta, nós batalhamos, mas o árbitro acabou atrapalhando o nosso jogo. Para nós ele não marca, mas para eles ele marca. Não dá para entender. Já tivemos problema com este árbitro, mas a CBF escalou ele novamente”, disparou Diguinho. “Mas vamos continuar trabalhando e terminar o ano com dignidade”, afirmou.

O meia Carlos Alberto, que se mostrou nervoso durante a partida e recebeu amarelo ao empurrar o argentino Sambueza, era outro inconformado com a arbitragem de Marcelo de Lima Henrique. “Ele consegue desestabilizar qualquer um. Vocês viram o que ele fez. É brincadeira”, esperneou.


Leia mais sobre: Botafogo Diguinho



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo