iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/11 - 19:24

Derrota não desanima Verdão. Precipitação de Marcos é perdoada.
"Quem está brigando na nossa frente também terá jogos difíceis pela frente e poderá perder pontos", disse Alex Mineiro

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Apesar de ter caído da segunda para a quarta colocação no Campeonato Brasileiro com a derrota para o Grêmio e de ter se afastado um pouco mais do São Paulo, agora com quatro pontos a mais na tabela (65 a 61), os jogadores do Palmeiras deixaram o Palestra Itália demonstrando confiança em reverter o quadro na corrida pelo título nacional.

"Matematicamente nós ainda estamos dentro e com muitas possibilidades de conquista', opinou Denílson. "São quatro pontos de diferença. Temos que fazer a nossa parte e torcer contra os que estão acima", completou, acompanhado por Alex Mineiro.

"Quem está brigando na nossa frente também terá jogos difíceis pela frente e poderá perder pontos. Faltam quatro jogos e a gente vai brigar até o fim para conquistar esse título", garantiu o camisa nove, vice-artilheiro do Brasileirão, com 18 gols, três a menos que Kléber Pereira, do Santos.

'Santo' perdoado:
A dupla de atacantes também evitou criticar a atitude do goleiro Marcos, que tentou ajudar o ataque palmeirense nas bolas paradas em pelo menos quatro oportunidades após o gol gremista, desguarnecendo o setor defensivo.

"Não acho que ele tenha sido precipitado. A reação do Marcos foi a de um cara que está acostumado a ganhar. Não podemos criticar", disparou Denílson. "O Marcos não gosta de perder e foi à frente nos ajudar. É isso aí. Temos que tentar fazer coisas diferentes para seguir sonhando com o título", completou Alex Mineiro.


Leia mais sobre: Palmeiras

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias