iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/11 - 20:35, atualizada às 14:43 10/11

Derrota expõe "racha" entre Marcos e Luxemburgo

Goleiro subiu para o ataque constantemente no segundo tempo, mesmo com a desaprovação do treinador

Agência Estado

SÃO PAULO - Um princípio de crise se instalou no Palmeiras neste domingo após a derrota para o Grêmio por 1 a 0 no Palestra Itália, em partida válida pela 34.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Em entrevista coletiva após o confronto, o técnico Vanderlei Luxemburgo mostrou não ter gostado da atitude do goleiro Marcos, que, devido à desvantagem no marcador, se desesperou e foi para a área do time adversário quando ainda faltavam 15 minutos para o término do jogo.

"Mais uma vez ele deixou o campo como 'São Marcos', ficou novamente esta história, só não sei se para nós internamente é a mesma coisa", declarou o treinador, visivelmente irritado com a atitude do ídolo palmeirense.

Assista ao gol do Grêmio no Palestra Itália



Para o comandante do clube paulista, a atitude de Marcos naquele momento foi desnecessária, pois a equipe ainda poderia igualar o marcador. "Faltavam 15 minutos para acabar o jogo e nós ainda poderíamos empatar. Se isso acontecesse, estaríamos apenas três pontos atrás do líder São Paulo e com um número maior de vitórias".

No entanto, o técnico evitou falar mais sobre a polêmica. "É algo que temos que resolver internamente", assinalou. O goleiro Marcos, por sua vez, deixou o estádio sem falar com a imprensa.

Milton Trajano
Veja mais charges do iG Esporte no Blog do Milton Trajano

Leia também:


Leia mais sobre: Luxemburgo Marcos

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Agência Estado

gremio tcheco

Causador da crise
Gol de Tcheco em pleno Palestra Itália levou Marcos ao desespero

Topo
Contador de notícias