iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/11 - 22:40

Para a Lusa, empate seria o resultado justo contra o São Paulo
"Sinceramente, acho que foi uma das maiores injustiças que eu vi nos últimos tempos", disse Estevam Soares

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Portuguesa e São Paulo fizeram uma partida capaz de levar os quase 20 mil presentes à loucura durante praticamente todo o tempo. No final, um gol de Zé Luís em cobrança de escanteio definiu o placar a favor do Tricolor do Morumbi, o que, para o técnico Estevam Soares, foi uma tremenda injustiça.

“Sinceramente, acho que foi uma das maiores injustiças que eu vi nos últimos tempos. A Portuguesa fez uma boa partida e o resultado ideal seria um empate em 2 a 2. Tudo o que você analisar na parte tática e técnica é mera fantasia. Esse é um resultado injusto”, disparou o comandante, após a definição da derrota que recolocou o time na zona de rebaixamento.

O atacante Jonas acompanhou Estevam ao dizer que um empate seria o resultado ideal pelo apresentado em campo. Isso ainda quase aconteceu pouco depois do terceiro gol tricolor, quando Edno invadiu a área, limpou Rogério Ceni da jogada e deu um toque, acertando o travessão.

“Se você ver aquele lance, a bola acertou a trave, não foi ele que isolou. Era para bater na trave e entrar, mas bateu e saiu. O São Paulo teve mais sorte. Jogamos de igual para igual, não tem como apontar que uma equipe jogou mais do que a outra”, opinou o jogador, que fez os dois gols lusitanos no confronto.

Para Estevam Soares, seu argumento ganha ainda mais força com as declarações dadas pelo capitão Rogério Ceni, que apontou o anfitrião como o detentor da superioridade. Para o treinador, o que definiu foram os pecados cometidos pelo time no setor defensivo.

“Não sou eu quem está falando, o próprio capitão deles falou isso. Agora, entre merecer e conseguir há uma enorme diferença. Jogamos muito bem, mas pecamos atrás e, com tudo o que foi falado, avisado e treinado durante a semana, tomamos dois gols iguais”, lamentou o treinador.

Leia também:
Rogério Ceni admite: resultado foi injusto


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias