iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/11 - 20:40

Lusa reclama irregularidade no segundo gol são-paulino

Empurrão de Borges no zagueiro Halisson teria sido o responsável pelas críticas da Portuguesa

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - De volta à zona do rebaixamento com a derrota por 3 a 2 no clássico deste sábado diante do São Paulo, no Canindé, a Portuguesa deixou o gramado reclamando do segundo gol marcado pelos visitantes. “O Borges me deslocou com o braço. Ainda tentei chegar na bola, mas não consegui. Fui empurrado. Para mim foi falta”, disparou o zagueiro Halisson, que perdeu a dividida com o atacante são-paulino após lançamento longo do goleiro Rogério Ceni.

O lateral-esquerdo Athirson, que acompanhou a jogada de perto, fez coro com o camisa quatro e também apontou irregularidade no lance que decretou o placar final do clássico. “O São Paulo sempre é um adversário difícil de ser batido, mas, no segundo gol, acho que o cara (Borges) empurrou o Halisson e fez falta em cima dele”, reclamou o camisa seis.

Os jogadores lamentaram a falta de sorte no final do jogo, quando Edno acertou o travessão de Rogério Ceni, e consideraram injusta a derrota para o líder isolado da competição. “Saio chateado com o resultado, pois jogamos de igual para igual e poderíamos ter conseguido um resultado melhor”, opinou Athirson, um dos mais abatidos na descida para os vestiários.

Fellype Gabriel, que também teve boa participação, especialmente no segundo tempo, concordou: “Batalhamos o tempo todo, corremos atrás e poderíamos ter melhor sorte. Infelizmente faltou atenção no final e, na seqüência, o que faltou foi sorte”, concluiu.

Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo