iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/11 - 12:03

Em dia de rachão, Muricy esconde seu talento
"Os jogadores de hoje em dia não vão acompanhar minha categoria", brincou Muricy, sobre ausência no rachão

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O técnico Muricy Ramalho liberou os jogadores para participarem de uma atividade descontraída na manhã desta sexta-feira, no CT da Barra Funda. Depois de ajustar a equipe durante a semana, o comandante permitiu que os atletas disputassem um animado rachão.

“Quando tem semana dura como tivemos, é preciso ter um momento de descontração e isso acontece no rachão. Já quando temos dois jogos por semana não dá tempo de fazer rachão”, afirmou.

Apesar de liberar os atletas para a movimentação, Muricy preferiu não participar da brincadeira. “Eu não jogo porque o que tinha de fazer eu já fiz. E os jogadores de hoje em dia não vão acompanhar minha categoria. Eles perguntam por que não brinco com eles, e eu falo que não dá...”, brincou.

O meia Jorge Wagner, porém, ousou discordar da teoria do chefe. “Ele é um grande treinador e foi um grande jogador. De vez em quando, ele toca na bola e vemos da qualidade dele. Mas hoje as coisas mudaram e está bem mais corrido. No rachão, todo mundo está querendo vencer. Hoje, ele não conseguiria acompanhar”, retrucou o atleta, entre risos.

O recreativo é uma atividade descontraída que geralmente acontece um dia antes dos jogos na maior parte dos clubes brasileiros. Alguns treinadores, como Renato Gaúcho, gostam de brincar com os atletas. Já Muricy nunca é visto no meio da brincadeira. Além de poupar os jogadores de seu talento, o são-paulino também explicou que preferiu ficar sozinho para pensar no jogo.

“Em alguns momentos, tenho de deixar de me meter com os jogadores. Hoje é o dia de eles se divertirem um pouquinho. Eu fiquei pensando no time”, afirmou.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo