iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/11 - 09:13

Xavi é sondado por ingleses, mas deve renovar com o Barcelona

Arsenal e Liverpool demonstraram interesse no jogador, que afirmou preferir encerrar a carreira no Barça

Gazeta Esportiva

BARCELONA (Espanha) - O meia Xavi Hernandez pode deixar o Barcelona no final da atual temporada. Depois de dez anos a serviço do time, no qual foi promovido para o elenco principal em 1998, Xavi vem sendo sondado por Arsenal e Liverpool, e admite que pode ser negociado mesmo a contra-gosto.

“Minha intenção é continuar, mas sou um profissional e não posso assegurar”, adiantou o jogador. “Eu gostaria de encerrar minha carreira no Barcelona, e sei que o clube também gostaria. Minha intenção é continuar aqui, como quando passava meus melhores momentos”, acrescentou.

Xavi chegou a ser especulado no Arsenal já antes do início da atual temporada, em uma negociação que envolveria a chegada de Cesc Fábregas ao Barça. O meia da equipe catalã, porém, garantiu que as conversas em torno de sua renovação “vão bem”, e que em nenhuma das ocasiões pensou em sair do Camp Nou.

“Nunca me disseram que queriam me vender. Sempre disse que, quando não me sentisse mais útil, procuraria outra coisa. Mas as coisas vão bem, e o clube está fazendo um esforço para que eu acabe minha carreira aqui. Não posso assegurar, mas creio que chegaremos a um acordo”, disse Xavi.

A renovação de contrato do articulador é uma das prioridades do Barcelona, que só seria persuadido por uma oferta considerável do futebol da Inglaterra. A princípio, nem mesmo o interesse de Gunners e Reds deve ser problema para a negociação, ainda que as primeiras conversas não tenham caminhado bem.

O presidente Joan Laporta, por sua vez, se mostra confiante nas conversações. “São temas que requerem uma negociação”, disse o dirigente. “Vamos conciliar os interesses de ambas as parte, e todos ficarão satisfeitos”, completou.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo