iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/11 - 18:43

No STJD, Duque de Caxias recupera direito de jogar em 2009

Recurso de punições impostas pelo cai-cai” do jogo contra o Rio Branco-AC, pela Série C, foi julgado nesta quinta

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O Duque de Caxias conseguiu reverter parte do prejuízo referente ao caso do “cai-cai” do jogo contra o Rio Branco-AC pela Série C do Campeonato Brasileiro, no recurso julgado nesta quinta-feira no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). A principal vitória do time carioca foi recuperar o direito de participar das competições nacionais em 2009.

Suspensos no primeiro julgamento por 120 dias, o goleiro Borges e o atacante Edivaldo também saíram ilesos e foram absolvidos. Em contrapartida, algumas penas foram mantidas. O técnico Marcelo Buarque fica suspenso por um ano. O Duque de Caxias segue sem os pontos da partida e obrigado a desembolsar R$ 10 mil de multa.

Com o placar de 2 a 2, o jogo contra o Rio Branco terminou devido ao número insuficiente de atletas do Duque de Caxias. Primeiro, o Renatinho, Douglas Silva e Tica receberam o cartão vermelho. Na seqüência, Borges e Edivaldo alegaram contusões e também deixaram o gramado, já que a equipe carioca tinha feito as três alterações.

Na volta ao Rio de Janeiro, o Duque de Caxias alegou que Borges e Edivaldo estavam com lesões musculares importantes, detectadas, inclusive, em exames de imagem. Porém, o STJD manteve a denúncia contra o time carioca.


Leia mais sobre: Duque de Caxias Série C



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo