iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/11 - 16:03

Com Vadão, São Caetano tem aproveitamento de G-4
Vadão comandou o Azulão em 12 partidas da Série B, obtendo seis vitórias, três empates e três derrotas, aproveitamento de 58,33%

Gazeta Esportiva

SÃO CAETANO DO SUL - O elenco do São Caetano aponta a chegada do técnico Oswaldo Alvarez como responsável pela arrancada do time, que trocou a ameaça do rebaixamento pelo sonho do acesso. E os números mostram que os jogadores têm razão quando “puxam o saco” do comandante.

Vadão comandou o Azulão em 12 partidas da Série B, obtendo seis vitórias, três empates e três derrotas, aproveitamento de 58,33% dos pontos disputados. A marca só não ultrapassa o Corinthians, que já garantiu a vaga na Série A com 73,7%, e Avaí, virtualmente classificado com um aproveitamento de 62,3 % até o momento.

“É um treinador de muita capacidade, que nos trouxe tranqüilidade e confiança para trabalhar. Sabemos que o acesso não depende mais dele, mas de vencermos nossos quatro jogos e de outros resultados”, ressalta o zagueiro Tobi, capitão da equipe do ABC paulista.

O São Caetano aparece na oitava colocação da Segundona, com 50 pontos, a cinco do G-4, e tem pela frente mais quatro jogos pelo torneio (contra Fortaleza, América-RN, Juventude e Avaí). Apesar disso, a diretoria já pensa na temporada 2009 e conta com a permanência do treinador, que já planeja uma pré-temporada na cidade de Águas de Lindóia-SP.

“O grupo está fechado com ele, por isso os bons resultados. Ele sabe até onde o jogador pode render”, assegurou o atacante Tuta, artilheiro do time na Série B, com 12 gols. O experiente matador iniciou a sua carreira sob o comando do próprio Vadão, em 1994, com a camisa do Araçatuba.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias