iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

05/11 - 10:52

Marroquinos do Levski Sofia são agredidos por taxistas

"Um pequeno acidente" teria motivado discussão, que teve até tacos de beisebol, nas ruas da Bulgária

Gazeta Esportiva

SOFIA (Bulgária) - Acostumado a figurar apenas nos cadernos de esportes dos jornais búlgaros, o Levski Sofia acabou virando notícia de maneira menos ortodoxa nesta semana. No último domingo, dois jogadores do clube foram agredidos fora de campo, por motoristas de táxi da capital do país.

De acordo com Daniel Borimirov, ex-jogador e atual diretor do Levski, o problema foi causado por “um pequeno acidente” envolvendo o zagueiro marroquino Youssef Rabeh. Acompanhado do meia Rachid Tiberkanine, também do Marrocos, o jogador dirigia seu carro pelas ruas de Sofia, quando se envolveu em uma colisão com um taxista.

A discussão subseqüente logo se acalorou, e os dois lados começaram a trocar acusações. O taxista, porém, imediatamente chamou alguns colegas, que se aproximaram munidos de tacos de beisebol para agredir Rabeh e Tiberkanine.

Surpreendentemente, a dupla sequer foi defendida por Emil Velev, técnico do Levski Sofia, que evitou comentários mais profundos o caso. “Este não foi o primeiro incidente do gênero com jogadores marroquinos”, resumiu Velev.

Ainda segundo Daniel Borimirov, Youssef Rabeh e Rachid Tiberkanine não fizeram queixas às autoridades. O Levski Sofia é o atual terceiro colocado do Campeonato Búlgaro, com 20 pontos conquistados em dez jogos.


Leia mais sobre: Levski Sofia Bulgária



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo