iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

05/11 - 19:42

Manchester e Villarreal tropeçam e adiam classificação
Equipe de Cristiano Ronaldo e cia. entrou em campo na Escócia com um time misto

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Villarreal e Manchester United entraram em campo nesta quarta-feira dispostos a garantirem a classificação antecipada às oitavas-de-final da Copa dos Campeões, mas não obtiveram sucesso. Na Dinamarca, os espanhóis não passaram de um empate por 2 a 2 com o Aalborg. Já os ingleses ficaram no 1 a 1 com o Celtic em Glasgow.

Com estes resultados, os Diabos Vermelhos fecha a quarta rodada na liderança do grupo E, com oito pontos, mesmo número que o Submarino Amarelo, mas melhor saldo de gols. Já os escoceses e dinmarqueses somam dois e ainda têm chances de ficarem com uma das vagas.

Com a cabeça no clássico de sábado, contra o Arsenal, pelo Campeonato Inglês, o Manchester entrou em campo na Escócia com um time misto. Os atacantes Rooney e Berbatov e até o goleiro Van der Sar foram poupados por Alex Ferguson, que deu uma chance ao jovem lateral brasileiro Rafael, ex-Fluminense, no time titular.

Mesmo sem a sua força máxima, os ingleses tiveram mais posse de bola e dominaram o primeiro tempo. O problema é que o Celtic, logo em sua primeira chance real, acabou marcando o gol que definiu o resultado. Logo aos 13 minutos, McDonald aproveitou confusão na área e, com um lindo toque de cobertura, estufou as redes de Foster.

Com Cristiano Ronaldo apagado, o português Nani e o ex-corintiano Carlitos Tevez criavam as principais jogadas do Manchester. A primeira boa chance, porém, foi de um zagueiro. Ferdinand desviou escanteio rente ao travessão do Celtic. Depois, Nani fez boa jogada pela direita e cruzou. A bola atravessou a pequena área e ninguém de vermelho conseguiu desviar.

No intervalo, Ferguson decidiu escalar Berbatov, autor de dois gols na vitória por 3 a 0 sobre o mesmo Celtic, há duas semanas, no lugar de Nani. O panorama do jogo seguiu o mesmo, com o Manchester no ataque e os anfitriões com dificuldades de atravessar o meio-campo. Em quatro minutos, Fletcher, Carrick e Cristiano Ronaldo arriscaram, mas não assustaram o goleiro Boruc.

A pressão não parou por aí: aos 11, o zagueiro Vidic ficou com a sobra da defesa e arriscou para o gol. Maloney tirou em cima da linha e salvou os donos das casa. Nove minutos depois, Rafael cruzou da direita na cabeça de Berbatov, que desviou com muito perigo. O brasileiro, logo em seguida, daria lugar ao titular Evra. Na frente, Rooney substituiu Tevez.

No entanto, quem passou a comandar os visitantes foi Cristiano Ronaldo, até então sumido. Primeiro ele obrigou Boruc a fazer defesa complicada em dois tempos. Depois, aos 38 chutou forte, o goleiro do Celtic não conseguiu segurar e o veterano Giggs desviu de cabeça para empatar o jogo e definir o resultado.

Tudo igual na Dinamarca: No outro jogo válido pelo grupo E da Copa dos Campeões, o Villarreal esteve à frente do marcador em duas ocasiões, mas cedeu o empate ao Aalborg na casa do rival.

O italiano Giuseppe Rossi abriu o placar para os espanhóis aos 41 minutos do primeiro tempo, mas Jeppe Curth, aos nove da etapa final, empatou o duelo.

O Submarino Amarelo ficaria novamente em vantagem aos 30 minutos, quando Guillermo Franco deixou a sua marca. Os donos da casa, porém, não demoraram para reagir. Due, logo aos 36, decretou a igualdade.

Com a disputa ainda em aberto, a chave E da Champions será novamente movimentada no dia 25 de novembro, uma terça-feira. Na Espanha, Villarreal e Manchester United fazem o duelo dos líderes. Um empate classifica os dois times às oitavas. No mesmo horário, Aalborg e Celtic se enfrentam na Dinamarca.

Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo