iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

05/11 - 14:27

Inter defende vantagem contra Boca Juniors pela Sul-Americana

Assim como no jogo de ida, Boca deve escalar reservas e juniores, apesar de precisar reverter o placar

EFE

BUENOS AIRES (Argentina) - O Internacional enfrenta o Boca Juniors nesta quinta, às 21h de Brasília, no estádio La Bombonera da capital argentina, pela volta das quartas da Copa Sul-Americana, podendo empatar ou até perder por um gol de diferença para se garantir nas semifinais do torneio.

Depois de ter poupado os titulares na derrota de domingo por 3 a 0 para o São Paulo, no Brasileiro, o Inter deverá ter de volta o zagueiro Índio, o meio-campo Magrão e o meia-atacante argentino D'Alessandro.

Além deles, o time conta com o meia Alex, autor dos dois gols da partida de ida e convocado por Dunga para o amistoso do Brasil contra Portugal, no próximo dia 19.

As dúvidas do técnico Tite para a equipe titular ficam por conta do volante argentino Guiñazú e do atacante Nilmar, que se recuperam de lesões e ainda preocupam.

Com a vitória de 2 a 0 na partida de ida no Beira Rio como trunfo, o treinador acredita que a equipe conseguirá resistir à pressão imposta pelo adversário.

"A suposta pressão em La Bombonera é emocional e está na cabeça dos atletas e do treinador. Mas tudo isso deve ser esquecido em campo. A equipe tem que ter maturidade e concentração", disse Tite.

Assim como no jogo de ida, o Boca Juniors deve escalar reservas e juniores, apesar de precisar reverter a boa vantagem do time gaúcho.

Mas o técnico Carlos Ischia faz mistério sobre a possível escalação do meia Juan Román Riquelme.

Apesar do cansaço físico e de um traumatismo no tornozelo direito devido ao excesso de jogos, Riquelme poderá ser mais uma vez o responsável pela criação de jogadas no meio-campo da equipe argentina.

"Riquelme sempre quer jogar. É um desses jogadores com amor próprio e um coração enorme, que se entrega pela equipe, por isso é tão querido pela torcida", comentou o treinador.

Caso não tenha condições de jogar, ele deverá ser substituído por Leandro Gracián, que chegou a ser pretendido pelo Flamengo no meio deste ano.

O Boca Juniors precisa vencer por três gols de diferença para garantir a vaga.

Prováveis escalações: Boca Juniors: García; Barroso, Roncaglia, Forlín e Calvo; Chávez (Cardozo), González, Gaitán e Gracián (Riquelme); Mouche e Figueroa.

Técnico: Carlos Ischia.

Internacional: Lauro; Angelo, Índio, Bolívar e Marcão; Edinho, Magrão, Guiñazú e D'Alessandro; Alex e Nilmar. Técnico: Tite.

Árbitro: Oscar Ruiz (COL), auxiliado por seus compatriotas Abraham González e Rafael Rivas.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias