iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

04/11 - 14:26

Renato descarta jogo no Maracanã e pede apoio a Jorge Luiz
"Só vou pedir para que a torcida não xingue mais o Jorge Luiz", disse o comandante do Vasco

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O treinador Renato Gaúcho descartou, nesta terça-feira, jogar a próxima partida do Vasco no Maracanã, como vinha sendo especulado. Para o comandante alvinegro, São Januário é a casa do time e, por isso, pede o apoio da torcida contra o Santos.

“Não vai haver mudança. Vamos jogar em São Januário, nosso caldeirão. A torcida tem feito a parte dela. A equipe também tem se comportado bem, mesmo não tendo vencido os dois jogos que fez comigo lá, contra o Figueirense e o Atlético-PR. Temos que aproveitar o fator campo para fazer pressão no adversário”, afirmou Renato.

Enquanto espera pela pressão sobre o time do Santos, Renato Gaúcho aproveitou para pedir que os torcedores parem de hostilizar o zagueiro Jorge Luiz, que tem falhado em sequência neste Campeonato Brasileiro.

“A torcida tem feito a parte dele nos jogos, mas só vou pedir para que a torcida não xingue mais o Jorge Luiz. Ele pode não estar passando pela melhor fase da carreira, mas é o único zagueiro de velocidade que eu tenho. E é um exemplo de profissional, um dos primeiros a chegar e um dos últimos a sair todos os dias. E ele está triste com tudo isso, mas ele tem o apoio da comissão técnica e dos companheiros. Tenho certeza que ele jogando o que sabe, o Vasco tem muito a ganhar”, discursou o técnico cruzmaltino.

O Vasco recebe o Santos às 18h30 (Brasília) para tentar sair da zona do rebaixamento. Atualmente, os cariocas estão na 18ª colocação com 34 pontos.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo