iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

04/11 - 14:06

Grêmio busca ajuda psicológica para superar mau momento

Dirigentes contrataram o psiquiatra Roberto Shinyashiki para realizar palestra antes de jogo com o Figueirense

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - A situação gremista preocupa tanto que a diretoria busca ajuda fora das quatro linhas para o time voltar a ter um bom desempenho. Um dia antes do confronto diante do Figueirense, que ocorreu no domingo, os jogadores “deitaram” no divã.

A preocupação estava relacionada à goleada sofrida para o Cruzeiro por 3 a 0 e os problemas psicológicos que a derrota poderia causar.

Antes do confronto diante dos catarinenses, os dirigentes contrataram o psiquiatra paulista Roberto Shinyashiki para realizar uma palestra motivacional. A informação é do jornal Zero Hora. O trabalho não deu resultado esperado, já que o Tricolor não passou de um empate por 1 a 1.

O periódico também informa que a cúpula do futebol gremista não está satisfeita com os últimos jogos do time. O principal motivo da revolta dos cartolas é o aproveitamento da equipe fora de casa, que decaiu muito no segundo turno. O técnico Celso Roth e Luiz Onofre Meira, um dos integrantes do departamento de futebol do clube, estiverem próximos de irem às vias de fato.

Em entrevista para a Rádio Gaúcha, Meira negou que tenha tido algum tipo de problema com Roth. “Tenho uma relação olho no olho com as pessoas. Isso que estão dizendo é um absurdo. Nossa relação é normal”, afirmou o dirigente.

Outras informações dão conta que o ambiente no vestiário não é dos melhores. O grupo de jogadores estaria rachado com Celso Roth. O catalisador do atrito teria sido um treinamento físico em dois turnos proposto pelo treinador, que foi contestado pelo elenco. Alguns atletas não vêm concentrando nas últimas partidas devido a problemas extra-campo.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo