iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

04/11 - 12:26

Ação contra Universal Pictures pode render R$ 10 milhões a Pelé

Rei do Futebol quer multa por causa do descumprimento de cláusulas do contrato, firmado em 2002

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Lançado em 2004, o filme "Pelé Eterno", que retrata a trajetória do Rei do Futebol e suas inúmeras conquistas desde os seus primeiros passos, pode render R$ 10 milhões ao principal astro da obra, Edson Arantes do Nascimento. Os advogados de Pelé entraram com uma ação judicial contra a Universal Pictures , empresa norte-americana responsável pela divulgação do filme, e já ganharam a batalha em primeira instância na Justiça brasileira.

Segundo publicação desta terça-feira do jornal Folha de São Paulo, a ação, que também beneficiará a produra do filme, Anima, foi movida por conta de descumprimento de cláusulas do contrato, firmado em 2002.

Os advogados alegam que a empresa norte-americana não divulgou o filme sobre Pelé no exterior, conforme estabelecido no documento, o que prejudicou a visibilidade do mesmo. Já os responsáveis pela defesa da Universal alegam não ter feito nada de errado, pois o contrato firmado tem duração de 70 anos, o que lhes dá tempo de sobra para cumprir tal exigência.

Segundo o Juiz responsável pelo caso, Clóvis Ricardo de Toledo Júnior, a decisão de dar ganho de causa a Pelé é simples, pois 'o potencial do filme no exterior não foi explorado plenamente' e 'essa ausência de exploração da obra no exterior é injustificável perante a figura do Pelé'. A Universal irá recorrer da decisão.

"Pelé Eterno" renderá indenização; assista ao vídeo


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo