iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

03/11 - 20:05

STJD libera Borges para enfrentar a Portuguesa

Jogador foi julgado pela expulsão no clássico contra o Palmeiras

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Muricy Ramalho deve contar com força máxima para escalar o São Paulo neste sábado diante da Portuguesa. Borges foi julgado nesta segunda-feira pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por sua expulsão no clássico contra o Palmeiras e foi punido com apenas um jogo.

Como já cumpriu suspensão automática, está livre para atuar no Canindé.

O são-paulino estava no mesmo processo de Diego Souza, que também recebeu o cartão vermelho no mesmo lance. Diferentemente do palmeirense, o atacante tricolor não esteve no Rio de Janeiro para acompanhar o julgamento. Mas, assim como o adversário, pegou a pena mínima do artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), no qual ambos estavam enquadrados por “prática de ato de hostilidade”.

A jogada em que o árbitro Sálvio Spinola Fagundes mostrou cartão vermelho aos dois ocorreu aos sete minutos da partida disputada em 19 de novembro. Após levar o gol, Diego Souza tentou apressar a saída de bola enquanto Rogério Ceni voltava para sua meta. Borges ficou à frente do palmeirense e ambos se desentenderam, atitude que mereceu expulsão na opinião do apitador.

Na rodada seguinte, o camisa 17 do Morumbi não participou do triunfo por 2 a 1 sobre o Vitória e por isso está livre para enfrentar a Portuguesa. Além dele, quem também pode jogar no Canindé é o lateral-direito Joilson, já recuperado de entorse no tornozelo. Com isso, Muricy não terá nenhum desfalque em seu primeiro jogo como líder do Brasileirão.


Leia mais sobre: São Paulo Campeonato Brasileiro



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo