iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

03/11 - 18:40

Schmitt admite: "Chance de denunciar Luxemburgo é grande"

Treinador palmeirense foi expulso no clássico contra o Santos após invadir o gramado

Gazeta Esportiva


SÃO PAULO - O técnico Wanderley Luxemburgo garante que invadiu o gramado da Vila Belmiro apenas para tirar os jogadores do Palmeiras de perto do árbitro Wilson Luiz Seneme no clássico contra o Santos. Mesmo assim, o treinador tem imensas chances de ser denunciado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

”Punido eu não sei se ele vai ser, mas a gente faz uma análise da narrativa do árbitro na súmula e provavelmente será denunciado”, revelou o procurador-geral do STJD, Paulo Schmitt, em entrevista à Rádio Record na tarde desta segunda-feira.

Depois do jogo na Vila Belmiro, Luxemburgo se mostrou preocupado com a descrição do árbitro na súmula sobre a sua expulsão. No entanto, Seneme só relatou a invasão do treinador, sem citar qualquer tipo de ofensa.

“Após confirmação do gol do Santos, expulsei o senhor Wanderley Luxemburgo da Silva, técnico do Palmeiras, por adentrar ao campo de jogo sem autorização”, descreveu a súmula de Seneme.

De qualquer forma, somente a invasão é motivo de denúncia no artigo 274 (invadir local destinado à equipe de arbitragem, ou à partida, prova ou equivalente, durante sua realização, inclusive no intervalo regulamentar ou nele ingressar nem a necessária autorização) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Se for punido, a pena varia entre 120 e 720 dias.


Leia mais sobre: Palmeiras Campeonato Brasileiro



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Injustiçado?
Luxemburgo disse que foi afastar seus jogadores da confusão e acabou sendo expulso de campo

Topo