iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

03/11 - 09:35

Maradona pede, mas Mascherano rejeita tarja de capitão

Volante ex-Corinthians recusou o posto e justificou que “um verdadeiro capitão já nasce com a braçadeira”

Gazeta Esportiva

LIVERPOOL (Inglaterra) - Titular absoluto do meio-campo do Liverpool, da Inglaterra, o volante Javier Mascherano, ex-integrante do grupo de “galácticos” corintianos, proporcionou o primeiro revés a Diego Armando Maradona no comando da seleção argentina. O eterno camisa dez dos hermanos esperava maximizar a experiência de Mascherano dando ao volante a tarja de capitão da equipe na seqüência das Eliminatórias Sul-americanas para a Copa de 2010, mas terá de alterar seus planos.

“O Diego me telefonou e tivemos uma breve conversa, durante a qual ele me disse que queria que eu fosse o capitão da seleção argentina. Contudo, acabei por lhe dar uma resposta que ele não esperava”, revelou o jogador, abrindo mão do importante posto.

Apesar de carregar consigo o apelido de “Chefinho” desde os tempos de River Plate, Mascherano sempre negou o rótulo de “xerife”. Ao chegar ao Corinthians, garantiu que não seria o dono do meio-campo e, agora, procurado por Maradona, repetiu o expediente.

Segundo declarações publicadas pelos jornais ingleses, Mascherano declinou do convite para ser o capitão da seleção nacional alegando que “um verdadeiro capitão já nasce com a braçadeira”.


Leia mais sobre: Mascherano Maradona



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AFP

Nada de "xerife"
Conhecido como "chefinho", Mascherano não acredita que nasceu para ser capitão

Topo