iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

03/11 - 18:30

Fernandes acredita que o cansaço atrapalhou Santos no clássico

"Não é desculpa, mas nós não tivemos tempo para uma preparação adequada", disse o treinador

Gazeta Esportiva

SANTOS - Durante toda a semana passada o técnico Márcio Fernandes reclamou da disposição da tabela do Campeonato Brasileiro feita pela CBF. Na opinião do treinador, a proximidade entre a partida com o Sport, na quinta-feira, em Recife, e o clássico com o Palmeiras, domingo, na Vila Belmiro, poderiam prejudicar o desempenho de sua equipe.

Apesar de dizer que este episódio em nada teve haver com a derrota para o Alviverde, o comandante santista voltou a criticar a forma como os jogos foram distribuídos. ˝Quero deixar bem claro aqui que não perdemos por causa disso (cansaço). Não é desculpa, mas nós não tivemos tempo para uma preparação adequada, ainda mais após uma viagem desgastante para Recife. Chegamos sexta-feira à noite, treinamos no sábado pela manhã e já entramos em campo no domingo. Desse jeito fica complicado˝, lamentou.

Segundo Márcio Fernandes, este foi o principal motivo pelo qual a sua equipe não pressionou o Palmeiras nos minutos finais. ˝Mostramos superioridade, porém nos últimos dez minutos o time cansou. Eu não podia cobrar mais empenho dos jogadores. Por isso até que tivemos que fazer algumas substituições. Eles (atletas) estavam muito cansados˝, destacou. ˝Isso não tira o mérito do Palmeiras, que é uma grande equipe, muito bem dirigida pelo Wanderley (Luxemburgo)˝, completou, elogiando o rival.

Por entender que o Peixe teve um domínio maior da partida, o técnico alvinegro crê que os santistas mereciam uma melhor sorte no clássico. ˝O nosso time foi muito bem dentro de campo. Para não dizerem que estou puxando para o meu lado, acredito que, por tudo o que fez, o Santos merecia sair no mínimo com um empate˝, encerrou.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo