iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/11 - 21:14

São Paulo vence Inter e assume a liderança do Brasileirão
Com o triunfo por 3 x 0 no Morumbi, diante de mais de 54 mil torcedores, o Tricolor chegou aos 62 pontos, um a mais que o vice-líder Palmeiras

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O São Paulo assumiu neste domingo a liderança do Campeonato Brasileiro. Beneficiado pelo empate do Grêmio contra o Figueirense, o time de Muricy Ramalho fez 3 a 0 na equipe mista do Internacional e chegou à ponta pela primeira vez nesta edição do Nacional.

Veja os gols de São Paulo 3 x 0 Internacional

Assista também aos melhores momentos do jogo

Com o triunfo no Morumbi, diante de mais de 54 mil torcedores, o Tricolor chegou aos 62 pontos, um a mais que o vice-líder Palmeiras. Já o Grêmio caiu para terceiro, com 60. O Inter, por sua vez, segue sem qualquer pretensão no Brasileirão, pois aparece com 48.

O São Paulo foi soberano na partida e abriu o placar no primeiro tempo, com gol de Borges. Na segunda etapa, Dagoberto ampliou a vantagem para o Tricolor com um golaço, e Hugo deu números finais ao placar.

O jogo
Como já estava previsto, o técnico Tite colocou o Inter com uma escalação mista, comandada por Bolívar, Alex e Guiñazu. Assim, mesmo sem contar com a maioria de seus titulares, o Colorado começou o jogo mostrando disposição em buscar o ataque, mas sem criar jogada de perigo.

O São Paulo, então, equilibrou as forças antes mesmo dos dez minutos e o jogo ficou aberto. As principais jogadas do time de Muricy Ramalho saíam dos cruzamentos da direita. Na primeira tentativa, Zé Luis mandou para a área e Borges, mesmo de costas, conseguiu chutar e dar trabalho a Lauro.

Aos poucos, o Tricolor concentrou as jogadas em seu setor ofensivo, e o Inter recuou para aguardar os momentos de contra-atacar. Aos 19 minutos, o time da casa quase abriu o placar. Em mais um cruzamento de Zé Luis pela direita, Borges cabeceou na trave. No rebote, Dagoberto chutou cruzado e Lauro fez boa defesa.

Do outro lado, Walter recebeu na área e soltou um forte chute, exigindo boa defesa de Rogério Ceni. O São Paulo continuou mostrando mais disposição em buscar o sistema ofensivo. Dagoberto aproveitou bola rebatida na meia-lua e chutou forte, mas a bola desviou para linha de fundo.

A insistência do Tricolor foi recompensada aos 29 minutos de bola rolando. Jorge Wagner cobrou falta da direita e Miranda cabeceou, obrigando o goleiro Lauro a espalmar. O rebote sobrou nos pés de Borges, que, livre, só teve o trabalho de empurrar para as redes. Depois de sofrer o gol, o Colorado passou a se arriscar mais na frente, mas sem ameaçar Rogério Ceni.

Assim, antes do fim do primeiro tempo, o Tricolor ainda voltou a assustar os visitantes. Hugo recebeu cruzamento e cabeceou para a pequena área, onde estava Borges, que não alcançou. No último lance da etapa, Jorge Wagner fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Borges finalizar perto da trave colorada.

No intervalo, o técnico Tite tirou Ângelo para colocar o ex-corintiano Rosinei na equipe. O Inter, por sinal, iniciou a etapa complementar demonstrando muita vontade de ameaçar Rogério Ceni, mas acabou vendo o Tricolor ampliar. Logo aos sete minutos, Guiñazu perdeu a bola no meio-campo, e Dagoberto avançou de longe, ganhou da defesa colorada na corrida, invadiu a área e tocou na saída de Lauro para marcar um golaço.

Depois de sofrer o gol, o Inter avançou com Walter, que caiu na área e pediu pênalti, mas o árbitro mandou seguir. Na seqüência, Tite sacou Taison para a entrada de Andrezinho. A equipe gaúcha, porém, seguiu com dificuldades para criar jogadas de perigo.

O Inter demorou para conseguir dar trabalho a Rogério, em falta batida por Alex. O capitão tricolor espalmou. Tite fez sua última alteração, com Guto na vaga de Walter. Em sua primeira jogada, Guto invadiu a área e chutou para fora.

Na resposta, aos 36 minutos, o São Paulo ampliou a vantagem. Hugo chutou da entrada da área e carimbou o travessão. No rebote, o próprio meio-campista mandou de cabeça para as redes, decretando o triunfo do Tricolor.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 3 X 0 INTERNACIONAL (Veja como foi o jogo lance a lance)


Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 2 de novembro de 2008, domingo
Horário: 19h10 (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Erich Bandeira (Fifa-PE)
Cartões amarelos: Dagoberto, Juninho e Hugo (São Paulo); Guiñazu, Bolívar e Álvaro (Internacional)
Público: 54.160 pagantes
Renda: R$ 1.084.830,00
GOLS: SÃO PAULO: Borges, aos 29 minutos do primeiro tempo. Dagoberto, aos sete, e Hugo, aos 36 minutos do segundo tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Rodrigo (Juninho), André Dias e Miranda; Zé Luis, Jean, Hernanes, Hugo e Jorge Wagner; Dagoberto (Jancarlos) e Borges (André Lima)
Técnico: Muricy Ramalho

INTERNACIONAL: Lauro; Ângelo (Rosinei), Álvaro, Bolívar e Marcão; Sandro, Edinho, Guiñazu e Taison (Andrezinho); Alex e Walter (Guto)
Técnico: Tite


Leia mais sobre: São Paulo Internacional Brasileirão



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Vipcomm

Beneficiado pela rodada
Com o triunfo sobre o Inter, Tricolor assumiu a primeira posição do Campeoanato Brasileiro

Topo