iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/11 - 18:59

Rafael Moura salva Furacão com gol no finalzinho sobre Sport

De cabeça, centroavante conseguiu definir a vitória que alivia o Atlético-PR na luta contra o fantasma do rebaixamento

Gazeta Esportiva

CURITIBA - O Atlético Paranaense não conseguiu passar pela defesa do Sport Recife durante 89 minutos. Mas, aos 45 minutos do segundo tempo, Rafael Moura deu a vitória por 1 a 0 na Arena da Baixada, para alívio do torcedor rubro-negro. Com 35 pontos ganhos, o Furacão permanece na luta para fugir da zona de rebaixamento, mas mantém as esperanças vivas.

Com o campo pesado por causa da chuva, o jogo começou brigado, principalmente no meio-campo. Aos quatro minutos, Netinho entrou na área em velocidade, ma foi travado com força, para reclamação da torcida. Aos sete minutos foi a fez de Júlio César tentar a jogada individual, mas ser travado na hora da finalização. Boa jogada de Ferreira, aos nove minutos mas, depois do cruzamento de Alberto, Sidny apareceu para afastar.

O time da casa tinha o domínio da partida, mas tinha dificuldade para criar oportunidades claras. Aos 13 minutos, Júlio César abriu a jogada e arriscou o chute, mas pela linha de fundo. O Leão chegou com perigo aos 17 minutos, em cobrança de falta de Fumagalli, que Vínicius tirou de soco da área. Aos 20 minutos, Sandro Maranhão mandou a bomba e o goleiro atleticano desviou para fora.

O Furacão continuava melhor, mas dava espaço para os contra-ataques do Sport. Aos 21 minutos, Roger apareceu na área para cabecear e exigir boa defesa de Vinícius. A resposta veio com Ferreira, aos 28 minutos. Pedro Oldoni levantou na área e o colombiano desviou de cabeça com muito perigo. Aos 35 minutos, Netinho tentou o lançamento para Oldoni, que não conseguiu alcançar a bola. Aos 41 minutos, Fumagalli pegou rebote na área e bateu colocado para um milagre de Vinícius.

Na segunda etapa, os dois times voltaram com modificações para tentar mudar o panorama da partida. Aos quatro minutos, Junior Maranhão cobrou falta no cantinho e Vinícius desviou para escanteio. O meia pernambucano arriscou outro chute aos seis minutos e, depois de desvio de Chico, a bola foi pela linha de fundo. Aos 10 minutos, Júlio Cesár recebeu de frente para a meta, mas bateu totalmente sem direção.

O jogo continuava equilibrado, mas os visitantes é que passaram a ter maior volume no campo de ataque. Aos 14 minutos, Zé Antônio tentou arrematar de longe, mas ficou sem a bola na hora do chute. Aos 19 minutos, Netinho cobrou falta na lateral da área, mas ninguém apareceu na frente do gol para completar a jogada. Grade tabela entre Ferreira e Zé Antônio e o colombiano fuzilou para grande defesa de Margão.

Empurrado pelo torcedor, o Furacão tentava pressionar na reta final da partida com a entrada de mais um atacante. Aos 33 minutos, Netinho cobrou falta na área e Magrão saiu do gol para fazer o corte e ceder escanteio. Aos 38 minutos, Andrade mandou um foguete em cobrança de falta, mas a bola subiu demais. A última chance veio de bola parada aos 45 minutos. Netinho fez a cobrança e Magrão cedeu escanteio. Depois da cobrança, a bola sobrou para Rafael Moura, que desviou para o fundo da redes.


Assista ao vídeo do gol:



Na próxima rodada, o Atlético Paranaense vai à vizinha Santa Catarina enfrentar o Figueirense sábado, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Já o Sport recebe o Goiás, no domingo, na Ilha do Retiro, em Recife.

FICHA TÉCNICA (Veja como foi o jogo lance a lance)
ATLÉTICO/PR 1 x 0 SPORT

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 02 de novembro de 2008, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Salvio Spinola Fagundes Filho (Fifa-SP)
Assistentes: Nilson de Souza Monção e Everson Luis Luquesi Soares (ambos de SP)
Cartões amarelos: Alberto e Gustavo Araújo (Atlético-PR); César, Roger e Dutra (Sport)
Gol: ATLÉTICO-PR: Rafael Moura, aos 45 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-PR: Vinícius; Alex Fraga, Chico e Gustavo Araújo; Alberto (Zé Antônio), Valencia, Alan Bahia (Anderson Aquino), Ferreira e Netinho; Pedro Oldoni (Rafael Moura) e Julio César
Técnico: Geninho

SPORT: Magrão, Sidny, Igor, Durval e Dutra (Marcio Goiano); Junior Maranhão, César, Sandro Goiano (Andrade) e Fumagalli; (Cássio) Wilson e Roger
Técnico: Nelsinho Baptista


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Futura Press

Furacão vivo
Mesmo com chuva, jogadores do Atlético-PR conseguiram botar fogo na torcida no final do jogo

Topo