iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/11 - 22:39

Longe do G-4, Tite promete buscar “melhor colocação possível”
“A avaliação feita por vocês (jornalistas) e pela diretoria é do trabalho em conjunto e geral depois que o terminamos”, disse

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A derrota por 3 a 0 para o São Paulo afastou ainda mais o Internacional da meta de jogar a Libertados em 2009, ano em que completa 100 anos. Até mesmo a comissão técnica já abre mão de lutar pela classificação, tanto que optou por um time misto e saiu do Morumbi em nono lugar, com dez pontos de distância do G-4. Tite, no entanto, se recusa a ‘esquecer’ o Brasileiro.

O treinador colorado elogia os desempenhos de São Paulo, Palmeiras, Grêmio, Cruzeiro e Flamengo, que brigam para ficar entre os quatro primeiros, mas promete o mesmo empenho que terá na Sul-americana, título que virou prioridade no Beira-Rio.

“Essas cinco equipes merecem por seu trabalho. Nós temos é que procurar a melhor colocação possível dentro da competição e também tentar ganhar a Sul-americana”, ensinou o comandante, que poupou alguns titulares visando ao jogo de quinta-feira contra o Boca Juniors, na Bombonera, pela volta das quartas-de-final do torneio continental – na ida, foi 2 a 0 para os gaúchos.

Os porto-alegrenses colocam o título sul-americano como a salvação para uma temporada em que a diretoria gastou muito sonhando com o tetracampeonato nacional. O fracasso até na tentativa de ir à Libertadores, no entanto, não faz com que Tite veja seu cargo em perigo. “A avaliação feita por vocês (jornalistas) e pela diretoria é do trabalho em conjunto e geral depois que o terminamos”, comentou.

De qualquer maneira, a preferência dada ao compromisso na Argentina chegou a gerar polêmica no Rio Grande do Sul. Houve quem acusasse o Inter de não se doar ao máximo para ‘facilitar’ uma derrota e complicar a vida do Grêmio. Mesmo depois do jogo no Morumbi, Tite continuou irritado.

“Aqueles que duvidaram não merecem significação e continuam não merecendo, porque não conhecem o clube e um ambiente profissional”, acusou o técnico, enaltecendo o adversário deste domingo. “O São Paulo fez um grande jogo em momentos cruciais no seu sistema defensivo e com seu goleiro e soube sair na frente. Não se pode errar contra o São Paulo, uma equipe que tem estrutura para chegar em um momento decisivo e estar como está”, elogiou.

Leia mais sobre: Brasileirão Tite Internacional



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo