iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/11 - 19:09

Atlético-MG quebra jejum contra time misto do Botafogo

Clube carioca não entrou com todas suas forças por causa da Sul-Americana, e mineiros aproveitaram para vencer por 2 x 1

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - O Atlético-MG fez a festa de sua torcida na tarde deste domingo no Mineirão, onde derrotou o time misto do Botafogo, que resolveu priorizar a Copa Sul-Americana, em confronto válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o triunfo por 2 a 1, o Galo quebrou um jejum de sete anos sem vencer o rival do Rio de Janeiro, que se tornou seu algoz nas últimas temporadas, o eliminando duas vezes da Copa do Brasil e uma da Copa Sul-Americana. O último triunfo atleticano tinha sido uma goleada de 4 a 0 no Brasileirão de 2001.

Veja os gols da vitória do Galo no Mineirão


Além da quebra do jejum o Atlético pôde comemorar a chegada aos 41 pontos, que o distancia da zona de rebaixamento. O time carioca, por sua vez, estacionou nos 49 pontos e agora luta apenas para confirmar a já próxima classificação para a Copa Sul-Americana de 2009. Leandro Almeida foi o destaque, marcando os dois gols atleticanos, enquanto Carlos Alberto descontou.

O jogo
A partida começou com o Botafogo comandando as ações, apesar das ausências no time. Tanto que, nos primeiros 15 minutos, o domínio carioca foi total. A primeira oportunidade veio aos oito minutos, em um chute da intermediária de Diguinho, que foi para fora. Dois minutos depois, foi a vez de Carlos Alberto arriscar o arremate e fazer a bola raspar a trave esquerda do goleiro Édson.

Por muito pouco o Botafogo não abriu o marcador aos 14 minutos, quando Carlos Alberto cobrou escanteio e Lucas Silva cabeceou no travessão. O mesmo jogador forçou boa defesa de Édson em um chute de fora da área.

Mesmo sem nenhum poder de penetração o Atlético abriu o marcador aos 20 minutos, graças a um lance polêmico, em que o árbitro Evandro Rogério Roman marcou pênalti. Elton arrancou pelo meio da defesa carioca fazendo fila e tentou driblar o goleiro Renan. O atleticano caiu no chão e a arbitragem, marcou a penalidade. Leandro Almeida cobrou com perfeição e deixou os mineiros em vantagem.

O lance animou o Galo, que passou a ter mais objetividade no ataque. A nova postura quase rendeu o segundo gol aos 34 minutos, quando Marques recebeu bom passe de Márcio Araújo e chutou para a defesa de Renan. Cinco minutos depois, César Prates cobrou falta e acertou a trave do goleiro. Aos 42, foi a vez de Marques cruzar e Castillo cabecear sobre o gol.

A segunda etapa começou com o jogo franco, com o Botafogo em busca do empate e o Galo sonhando com o contra-ataque ideal. Aos oito minutos, Renan Oliveira invadiu a área e chutou para Renan espalmar. Dois minutos depois, Jorge Henrique foi lançado e chutou, mas Édson evitou o gol.

Tudo levava a crer que a situação do Botafogo iria se complicar muito a partir dos 15 minutos, quando Rodrigo Sá foi expulso. Mas o Alvinegro carioca ignorou o fato e chegou ao gol de empate dois minutos depois. Carlos Alberto foi lançado pela direita, se livrou da marcação de Welton Felipe e chutou sem chances para Bruno.

Com a vantagem numérica, o Galo ficou mais presente no campo de ataque, mas dava espaço para os contra-golpes do Botafogo, que quase chegou à virada aos 22. Eduardo recebeu na área e chutou sobre o gol. Porém, foi o Galo quem marcou aos 31. Petkovic cobrou falta da direita e Leandro Almeida cabeceou com perfeição.

No fim o Botafogo esboçou uma pressão e quase empatou aos 42 minutos, quando Lucas Silva acertou o travessão e, no rebote, Édson, livre de marcação, mandou para fora. Depois disso, o Galo administrou a vantagem e garantiu o triunfo.

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo, às 19h10 (de Brasília). O Atlético-MG visita o Vitória no Estádio Barradão, em Salvador (BA). Já o Botafogo, no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), faz o clássico carioca da rodada contra o Flamengo.

FICHA TÉCNICA (Veja como foi o jogo lance a lance)
ATLÉTICO-MG 2 x 1 BOTAFOGO-RJ

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 2 de novembro de 2008 (Domingo)
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Evandro Rogério Roman (Fifa-PR)
Assistentes: Ednilson Corona (Fifa-SP) e Gilson Bento Coutinho (PR)
Cartões amarelos: Nen (Atlético) e Triguinho e André Luis (Botafogo)
Cartão vermelho: Rodrigo Sá (Botafogo)

Gols: ATLÉTICO-MG: Leandro Almeida, aos 20 minutos do primeiro tempo, e Leandro Almeida, aos 31 minutos do segundo tempo BOTAFOGO: Carlos Alberto, aos 17 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-MG: Édson, César Prates, Leandro Almeida, Welton Felipe e Raphael Aguiar; Nen (Petkovic), Márcio Araújo, Elton e Renan Oliveira; Marques (Pedro Paulo) e Castillo (Beto). Técnico: Marcelo Oliveira

BOTAFOGO: Renan, Thiaguinho (Édson), Émerson, André Luis e Triguinho (Luciano Almeida); Rodrigo Sá, Diguinho, Lucas Silva e Carlos Alberto; Jorge Henrique e Wellington Paulista (Eduardo). Técnico: Ney Franco


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Futura Press

atletico leandro almeida

Fazia sete anos...
Atlético-MG não sabia há muito tempo qual era a sensação de vencer o Botafogo

Topo
Contador de notícias