iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/11 - 09:27

Muricy descarta favoritismo: “Isso é como a bolsa”

Técnico acredita que as oscilações dos cinco times na briga pelo título fazem com que não haja um favorito

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - As mudanças na classificação do Campeonato Brasileiro fazem com que o favoritismo também troque de clube de uma rodada para outra. Considerado um time fora da disputa até há algumas rodadas, o São Paulo se recuperou na competição e agora divide a liderança com o Grêmio, mas o técnico Muricy Ramalho se recusa a assumir o rótulo de favorito.

“Não tem esse negócio de favorito porque é algo que muda toda hora, é como a bolsa. Com qualquer fofoquinha, a bolsa cai ou sobe. O campeonato também está oscilando e não tem favorito. Os cinco times têm muitas chances de título”, comentou.

O São Paulo chegou a ficar 11 pontos atrás do Grêmio no início deste segundo turno, mas conseguiu se recuperar e agora divide a liderança com os gaúchos, que levam vantagem nos critérios de desempate.

Apesar de descartar qualquer favoritismo, Muricy Ramalho faz questão de advertir que a recuperação do time no Brasileirão contou com sua perseverança.

“Estávamos 11 pontos atrás e era difícil de falar que iríamos chegar, mas não deixei de cobrar e incentivar os jogadores. Isso é mérito nosso e estamos brigando ainda pelo campeonato. Mesmo não indo ao estádio em grande número, a torcida sempre nos apoiou, e quem faz a diferença são os jogadores”, concluiu.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo