iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/11 - 23:38

Fluminense e Vasco se enfrentam para não morrer na praia

Clubes cariocas fazem o "Clássico dos Gigantes" em situação delicada, seriamente ameaçados pelo rebaixamento

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O domingo, 2 de novembro, Dia de Finados, reservou um clássico de vida ou morte para Fluminense e Vasco, que se enfrentam, às 19h10 (de Brasília), em jogo pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Seriamente ameaçadas pelo rebaixamento, as duas equipes entram em campo com o único pensamento de vitória.

Com 31 pontos e na penúltima colocação, o time de São Januário vive situação mais desesperadora. Já o Tricolor vem dando sinais de recuperação nas últimas rodadas, mas soma 34 pontos (tem um jogo a menos) e ainda vê de perto o fantasma da Série B.

No lado do Vasco, o técnico Renato Gaúcho mostra preocupação com o desgaste físico de seu time, que atuou na noite da última quinta-feira, enquanto o adversário pouco jogou, já que a partida contra o Figueirense foi interrompida logo no começo.

“O Fluminense não é culpado, mas só jogou quinze minutos. Tivemos noventa minutos pegados e com um desgaste muito grande, enquanto o Fluminense não se desgastou”, ressaltou o treinador cruzmaltino. Mas esse pensamento não é compartilhado pelo seu colega de Fluminense. O técnico René Simões vê um stress ainda maior pelo que aconteceu em Santa Catarina na noite de quinta-feira.

“Nosso desgaste foi tão grande ou ainda maior do que se estivéssemos entrado em campo e atuado os noventa minutos. Isso porque teve todo o lado psicológico de esperarmos quase duas horas para sabermos que não haveria a partida. Além dos quinze minutos jogados, tivemos que aquecer várias vezes e viajar. Aliás, vamos viajar duas vezes para fazer o mesmo jogo”, disse René.

Problemas não faltam para o Vasco, principalmente no ataque, onde o time tem importantes desfalques. Referências da equipe, Leandro Amaral e Edmundo estão com problemas médicos e foram vetados pelo departamento médico. Assim, caberá aos jovens Alex Teixeira e Alan Kardec a missão de marcar os gols para tentar levar o Vasco à vitória.

“Sabemos da importância que tem este clássico e vamos entrar com tudo para sair de campo com a vitória. Respeitamos o Fluminense, mas não nos resta outra alternativa a não ser buscar os três pontos”, afirmou Alan Kardec.

Para municiá-los e, quem sabe, também balançar as redes, o Vasco conta com o baixinho Mádson, que tem sido uma das principais peças nos últimos jogos. O jogador é apontado por Renato Gaúcho como um dos pulmões da equipe cruzmaltina e faz questão de mostrar que ainda acredita na virada do Vasco.

“Estou junto com o meu treinador. É ele que passa a confiança e auto-estima para a gente. É isso que temos que colocar na cabeça. É não desanimar. Se faltam seis jogos, são seis jogos da nossa vida, para que possamos livrar o Vasco dessa situação”, comentou Mádson.

Como de costume, Renato Gaúcho, que também não deve contar com o zagueiro Fernando e o lateral-esquerdo Valmir, só deve divulgar a escalação do Vasco nos vestiários do Maracanã. Pelo lado do Fluminense nenhum jogador recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Figueirense e não há lesionados. Dessa forma o time será o mesmo que iniciou o jogo em Santa Catarina.

“Ter essa seqüência é um aspecto positivo, pois esse time vem conseguindo resultados importantes e está bem confiante para a partida. Mas tudo o que fizemos de bom nos últimos jogos será apagado se não conseguirmos um resultado positivo contra o Vasco, que é um rival direto nesta nossa luta contra o rebaixamento”, afirmou o zagueiro Thiago Silva.

O clássico deste domingo será o quarto confronto entre as duas equipes nesta temporada. No primeiro turno houve empate por 3 a 3 num jogo emocionante. Já pelo Campeonato Carioca na fase classificatória o Tricolor venceu por 2 a 1. Nas semifinais da Taça Rio, segundo turno do Estadual, empate por 1 a 1 no tempo normal, com triunfo do Fluminense nos pênaltis.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE-RJ X VASCO-RJ


Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 2 de novembro de 2008, domingo
Horário: 19h10 (de Brasília)
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés e Marco Aurélio dos Santos Pessanha (Ambos do RJ)

FLUMINENSE: Fernando Henrique; Carlinhos, Thiago Silva, Luiz Alberto e Júnior César; Fabinho, Wellington Monteiro, Arouca e Darío Conca; Everton Santos e Washington
Técnico: René Simões

VASCO: Rafael; Baiano (Wagner Diniz), Jorge Luiz, Eduardo Luiz (Odvan) e Rodrigo Antônio; Jonílson, Mateus, Leandro Bomfim e Mádson; Alex Teixeira e Alan Kardec
Técnico: Renato Gaúcho


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo