iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/11 - 19:08

Alex chega aos 300 gols na carreira, mas Dracena estraga festa

O Fenerbahce empatou com o Eskisehirspor por conta de um gol contra feito pelo também brasileiro Edu Dracena

Gazeta Esportiva

ISTAMBUL (Turquia) - O dia poderia ser de festa para o meia Alex, que atingiu a marca de ultrapassou os 100 gols pelo Fenerbahce e chegou aos 300 na carreira. Só que o brasileiro não conseguiu evitar o empate da equipe de Istambul, que ficou no 2 a 2 fora de casa com o Eskisehirspor por conta de um gol contra de seu parceiro de equipe: o também brasileiro Edu Dracena.

O resultado foi bastante ruim para o Fener, que alcançou apenas o 13º ponto em nove rodadas e seguiu na nona posição da tabela. Além disso, o clube da capital se distanciou ainda mais do líder Trabzonspor, que goleou fora de casa o Buyuksehir por 4 a 0 chegou aos 20 pontos.

Alex marcou seu primeiro gol aos 14 minutos do primeiro tempo, com um chute de fora da área. Foi o 100º do meia em 212 partidas pelo Fenerbahce. Mas os anfitriões responderam logo em seguida com o atacante brasileiro Anderson, que deixou tudo igual três minutos depois.

Mas o meia brasileiro mais uma vez carregou o Fener e construiu sozinho o segundo gol: apos uma boa jogada individual, invadiu a grande área, driblou o goleiro adversário e só foi parado com um pênalti, aos 34 minutos. Ele mesmo cobrou e abriu 2 a 1, atingindo outra marca redonda: desta vez, com 300 gols em toda sua carreira.

Só que, da mesma forma que aconteceu no primeiro gol, um brasileiro levou o Eskisehirspor ao empate. E, para piorar, um companheiro de equipe: em um lance infeliz aos 45 minutos do primeiro tempo, o zagueiro Edu Dracena desviou mal e colocou contra as próprias redes, assegurando o 2 a 2 que perdurou até o final da segunda etapa.

Alex ainda se esforçou para buscar o empate, mas sentiu um problema muscular e deixou o campo aos 42 minutos do segundo tempo. “Era para ser um dia muito legal, pois passei dos 100 gols no Fener e cheguei aos 300 na carreira; fiquei feliz pela marca, mas triste pela lesão que senti no final”, lamentou.

A contusão sofrida pode tirar Alex de uma semana importantíssima para o Fenerbahce na temporada: na quarta-feira, o time encara o Arsenal pela Copa dos Campeões da Europa e, no domingo, realiza o clássico turco com o arqui-rival Galatasaray. “Vou ser examinado e ainda não sei se terei condições de jogo”, emendou o camisa 10.

Conforme números divulgados por sua assessoria de imprensa, dos 101 gols que Alex marcou pelo Fenerbahce, 77 foram pelo Campeonato Turco, 8 em amistosos, 5 pela Copa dos Campeões da Europa e outros 5 pela Copa Turca, além de 2 pela Copa da Uefa. Outros 4 vieram em partidas classificatórias para as competições européias.

Em sua carreira, o meia possuiu mais 78 gols marcados com a camisa do Palmeiras, 64 pelo Cruzeiro e 32 pelo Coritiba. Alex ainda obteve 20 gols pela seleção brasileira (12 pelo time principal e 8 pela olímpica), 3 pelo Flamengo e outros 2 em sua pouca abrilhantada passagem pelo Parma.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo