iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

31/10 - 17:11

Fitas de torcedores foram a causa do apagão no Orlando Scarpelli

Segundo engenheiro, fitas metálicas de torcedores catarinenses teriam provocado um curto-circuito no estádio

Gazeta Esportiva

FLORIANÓPOLIS - A queda de energia nos refletores do estádio Orlando Scarpelli que paralisou a partida entre Figueirense e Fluminense nessa quinta-feira tem uma resposta. De acordo com um engenheiro da empresa que administra a energia em Santa Catarina, fitas metálicas de torcedores catarinenses teriam provocado um curto-circuito. Com isto, o jogo do Brasileirão acabou sendo remarcado para a próxima quarta-feira.

Antes de começar o confronto, torcedores do Figueira estavam portando fitas metálicas. Soltas, com o vento, estas trias foram de encontro à rede de alta tensão. Este contato causou a interrupção no fornecimento de energia elétrica no Orlando Scarpelli e nas residências vizinhas ao estádio.

“Quando enrolaram na alta tensão, estas fitinhas metálicas provocaram um curto-circuito e a rede desarmou. Não teve mais energia elétrica para o estádio porque o curto-circuito foi violento”, explicou Gilberto Aguiar, engenheiro das Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc).

Após este primeiro apagão, conseguiram fazer com que a energia retornasse. Recomeçada a partida, os refletores caíram 15 minutos depois, quando o Fluminense já estava vencendo por 1 a 0. A segunda interrupção, que acabou adiando o jogo, foi causada por um superaquecimento na rede.


Leia mais sobre: Figueirense Fluminense



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Nada de jogo
Wilson Seneme, árbitro da partida, conversa com dirigentes de Figueira e Flu durante o "apagão"

Topo