iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/10 - 09:15

Vasco x Atlético-PR: confronto direto contra a degola

Vasco é o penúltimo com 30 pontos; Atlético Paranaense tem um ponto a mais e está no 18° lugar

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Vasco e Atlético-PR vivem uma situação complicada no Brasileirão 2008, respectivamente oito e sete anos depois de conquistarem o torneio. Restando sete rodadas para o fim, as duas equipes se encontram na zona de rebaixamento e fazem confronto direto decisivo nesta quinta-feira, às 20h30 (de Brasília), no Estádio de São Januário.

Apesar da situação desesperadora, os dois times estão empolgados por boas vitórias na última rodada. Os cruzmaltinos derrotaram o Goiás e chegaram aos 30 pontos, um a menos do que o Furacão, que venceu o Cruzeiro.

O Vasco chega para esta partida ainda sem o atacante Leandro Amaral, que não se recuperou de uma lesão no tornozelo esquerdo e foi vetado pelo departamento médico. Desta maneira, Alex Teixeira e Edmundo formarão a dupla que mostrou bom entendimento contra o Goiás.

”O Edmundo não é mais um garoto e precisa estar bem fisicamente. Foi desta maneira que ele conseguiu aquela bela atuação contra o Goiás. A técnica dele ninguém discute. Já o Alex é um jogador diferenciado, mas que a gente precisa lapidar e que precisa de uma seqüência. Ele tem sido um dos pulmões do time”, exalta o técnico Renato Gaúcho.

Apesar da ausência de Leandro Amaral, o treinador cruzmaltino resolveu mexer em outro setor da equipe e abriu mão do esquema com três zagueiros. Desta maneira, Eduardo Luiz foi sacado do time e o meia Leandro Bomfim ganha uma chance entre os titulares. A formação mais ofensiva, de acordo com os jogadores, não significa que o Vasco não se resguardará contra os avanços do adversário.

”Todo time que joga em casa precisa buscar a vitória, mas é claro que também a gente vai se preocupar com o ataque adversário. E lá atrás temos jogadores capacitados como o Fernando e o Jorge Luiz, que podem dar conta do recado”, acredita o meia Mádson.

Para ajudar o Vasco a sair de campo com uma vitória e quebrar uma série de três derrotas consecutivas dentro de São Januário, a diretoria vascaína espera contar com a presença e o apoio da torcida.

”Precisamos ter o apoio da nossa torcida e a confiança dela. Tenho certeza que ela vai estar presente e transformar São Januário em um caldeirão. Com isso poderemos buscar um grande resultado, que é o que nos interessa”, garante o presidente do clube, Roberto Dinamite.

Se pelo lado do Vasco a vitória sobre o Goiás trouxe de volta a esperança, a situação não é muito diferente no Furacão. O grande resultado obtido sobre o Cruzeiro, na Arena da Baixada, manteve o time vivo na luta para fugir da degola e trouxe de volta à Baixada a motivação necessária para empurrar o time na reta final do Brasileirão.

A equipe, no entanto, será diferente daquela que bateu a Raposa, já que enquanto alguns jogadores retornam de lesão e suspensão, outros ficam de fora. Por isso o técnico Geninho tenta arrumar o time do melhor jeito possível. ”Estamos trabalhando e tentando ajustar as coisas. Trabalhar em cima de um resultado positivo é sempre mais prazeroso do que trabalhar com derrota”, pondera.

Rafael Santos, Geílson, Renan e Rafael Moura estão fora da partida, enquanto Gustavo Caiche, Alberto e Júlio César reaparecem no time. O primeiro volta após cumprir suspensão e reassume a função de homem de confiança do treinador em campo. Os outros dois retornam de lesão e ainda estão fora de ritmo de jogo mas, na necessidade, vão para o sacrifício.

Essas dificuldades, no entanto, não assustam Geninho, que acredita em uma grande apresentação em São Januário. “Está se tornando quase uma rotina ter que mudar a equipe. Desde que cheguei não consegui repetir o time, porque além dos cartões temos as lesões também. Mas o grupo entendeu que todos são titulares e terão chances”, conclui o treinador.

FICHA TÉCNICA
VASCO X ATLÉTICO-PR


Local: Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 30 de outubro de 2008, quinta-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Wallace Nascimento (ES)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires e José Ricardo Maciel Linhares (ambos do ES)

VASCO: Rafael, Baiano, Jorge Luiz, Fernando e Valmir; Jonílson, Mateus, Leandro Bomfim e Mádson; Alex Teixeira e Edmundo
Técnico: Renato Gaúcho

ATLÉTICO-PR: Gallato; Gustavo Caiche, Antônio Carlos e Gustavo Araújo; Alberto, Valencia, Renan, Júlio dos Santos e Netinho; Ferreira e Júlio César
Técnico: Geninho


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias