iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/10 - 09:20

Tite sobe tom ao lamentar empate com o Náutico

Com resultado, Internacional fica 10 pontos atrás do último colocado no G-4, mas Tite não irá priorizar a Sul-americana

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - O técnico Tite que se viu, após o empate do Inter com o Náutico por 1 a 1, foi diferente do Tite habitual. A lamentação pelo resultado não foi no tom sereno que sempre ocorre, as declarações foram proferidas com uma evidente indignação pelo resultado.

Pelo modo com que os três pontos escaparam.

O Colorado teve inúmeras oportunidades de gol no segundo tempo, mas a bola demorou a entrar. A trave foi carimbada duas vezes. A rede só foi balançar aos 40 minutos com um gol de Ângelo. Porém, o Timbu teve forças para empatar a partida nos acréscimos, após cobrança de escanteio. Tite não reclamou de seus jogadores ou da atuação, sua tristeza estava no fato da equipe ter tido um bom desempenho e ter cedido a igualdade.

“Daqui a pouco eu vou chutar duas bolas no gol e vou ganhar o jogo estou p. da vida pelo resultado que tivemos”, esbravejou o treinador, que chamou sua atitude mais enérgica de “capacidade de indignação”.

O resultado matou as chances do Inter brigar por uma vaga na Libertadores. Porém, Tite disse que só deixará de acreditar quando não tiver mais possibilidades matemáticas de chegar no G-4. Até lá, segundo ele, o clube não irá priorizar a Copa Sul-americana, onde possui boas chances de avançar às semifinais.

“Vou me agarrar na mínima chance que tivermos. Vamos trabalhar única e exclusivamente pelo São Paulo”, afirmou.

Apesar de na prática não ter mais pretensões no Campeonato Brasileiro, o Inter pode ser decisivo na competição. O próximo adversário, o São Paulo, está na briga direta pelo título com o Grêmio, o principal rival. São situações inusitadas que o futebol traz. Ao que parece todo o Rio Grande do Sul torcerá pelo colorado no fim de semana.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo