iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/10 - 14:30

Saci se assusta com reencontro com “praga”: “Meu Deus do céu!”

Jogador foi expulso duas vezes na carreira pelo árbitro Alício Pena Junior, um deles na final da Copa do Brasil

Gazeta Esportiva


SÃO PAULO - O lateral-esquerdo Wellington Saci deu dois passos para trás, arregalou os olhos e apoiou as duas mãos na parede quando foi informado que o árbitro da partida entre Corinthians e Paraná, sábado, no Pacaembu, será o mineiro Alício Pena Junior, integrante do quadro da Fifa.

“É ele? Você está brincando! Meu Deus do céu! Isso é uma praga na minha vida! Esse cara já me expulsou duas vezes!”, assustou-se Saci, que substituirá o suspenso André Santos na partida.

O segundo cartão vermelho que Alício Pena Júnior mostrou a Wellington Saci foi mais marcante para a carreira do atleta. No dia 11 de junho, o Corinthians perdeu a final da Copa do Brasil para o Sport, e o lateral-esquerdo jogou menos que cinco minutos. Entrou no lugar do atacante Dentinho e foi expulso em seguida. Havia quem defendesse a sua saída do Parque São Jorge na época.

“Mas ele já tinha me expulsado anteriormente, em Goiás, quando eu jogava pelo Itumbiara contra o Trindade. Não dá para entender”, lamentou Saci, balançando a cabeça negativamente.

O jogador quer evitar uma terceira expulsão em um jogo apitado por Alício Pena Junior. “Vou entrar para fazer o meu. E ele, para fazer o dele. Espero que tudo corra bem, sem nenhuma cagada”, torceu.

Apesar de temeroso com o reencontro, Wellington Saci demonstrou que tentou esquecer as más recordações. “Como é mesmo o nome desse juiz?”, perguntou, quando já sorria com as brincadeiras do atacante Dentinho.
 


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Reencontro preocupa
Lateral-esquerdo do Corinthians foi sincero ao comentar relação com juíz 'é uma praga'

Topo