iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/10 - 23:50

Renato se desfaz de matemáticos e ressalta: “está tudo embolado”
“Alguém pode me garantir o que falam os matemáticos? Ninguém”, disse o técnico vascaíno

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O técnico Renato Gaúcho menosprezou as previsões feitas pelos matemáticos após o empate em 2 a 2 conquistado diante do Atlético-PR nesta quinta-feira. Para o técnico, as contas não fazem diferença na situação do time, que continua seriamente ameaçado pelo rebaixamento. Mais do que números, apenas uma evolução nas rodadas finais pode salvar o Vasco.

“Alguém pode me garantir o que falam os matemáticos? Ninguém”, disparou o comandante. Renato Gaúcho se irritou com jornalistas na coletiva após empate em casa e insinuou que árbitros estão prejudicando os cariocas no Brasileirão. Assista ao vídeo.

O confronto direto desta 32ª rodada do Brasileirão não foi o esperado pela torcida cruzmaltina, que contou com um golaço de Mádson aos 42 minutos do segundo tempo para evitar a derrota para o Furacão. Mesmo assim, o Renato garantiu que tudo está de acordo com o seu planejamento.

“Pelas minhas contas, nos últimos dois jogos tínhamos que conseguir quatro pontos. Vencemos o Goiás lá (em Goiânia), empatamos hoje e fizemos os quatro pontos. É lógico que eram esperados mais três pontos hoje, mas não foi possível. Mas estão todos próximos. Eu estudo a competição e a tabela dos concorrentes é ingrata também”, explicou o treinador.

Na próxima rodada, novo confronto direto contra o rebaixamento: o time faz o clássico contra o Fluminense no Maracanã neste domingo, às 19h10 (de Brasília). Na seqüência, o time pega Santos, Atlético-MG, São Paulo, Coritiba e Vitória tendo que pontuar para se livrar do bolo que briga para não cair.
Traduzindo em números, são seis jogos para tirar a diferença de três pontos que o time tem para Figueirense e Fluminense, 16° e 17° colocados, respectivametne. Ambos ainda têm um jogo a menos por conta da falta de energia em Santa Catarina que acabou adiando o jogo.


Leia mais sobre: Vasco Renato Gaúcho Brasileirão

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Reprodução

renato gaucho

Sem paciência
Renato Gaúcho se irrita com perguntas apenas sobre contas e rebaixamento após empate do Vasco com Furacão

Topo
Contador de notícias