iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/10 - 17:50

Palermo: "Melhor maneira de homenagear Pompilio é entrar em campo"
Presidente do Boca Juniors faleceu nesta quinta-feira, aos 55 anos, vítima de problemas cardíacos

EFE

BUENOS AIRES (Argentina) - O atacante argentino Martín Palermo lamentou a morte do presidente do Boca Juniors, Pedro Pompilio, e disse que a equipe precisa superar o incidente e entrar em campo no domingo, contra o San Lorenzo, como forma de homenagear o dirigente. Pompilio faleceu nesta quarta-feira, aos 55 anos, vítima de problemas cardíacos.

Palermo vem se recuperando de uma grave lesão e só deve voltar aos gramados em março. No entanto, fez o papel de porta-voz do elenco do Boca e disse que a equipe deve jogar a partida válida pela 12ª rodada do torneio Apertura do Campeonato Argentino.

"Estamos muito tristes, mas entendemos que a melhor maneira de homenagear Pedro é entrar em campo e lembrá-lo como merece", disse à rádio "Del Plata". O atacante afirmou que Pompilio foi um dirigente "muito dedicado e que amava o clube".

"Sempre esteve muito perto de nós. É um golpe muito duro, que devemos superar. É preciso olhar para frente", disse.


Leia mais sobre: Boca Juniors Pedro Pompilio



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo