iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/10 - 09:10

Fluminense visita o Figueirense em choque de iguais

Ambos os times estão na parte de baixo da tabela, empatados com 34 pontos, tentando se distanciar da zona de degola

Gazeta Esportiva

O Fluminense protagoniza um duelo de times em situação similar no Brasileiro na visita que faz ao Figueirense nesta quinta-feira, às 20h30 (de Brasília), no Orlando Scarpelli. As duas equipes fazem campanhas bem semelhantes na atual temporada, empatadas com 34 pontos e tentando se distanciar da zona de rebaixamento.

Embalado pelos 3 a 0 aplicados no Palmeiras, o técnico tricolor René Simões conversou com seus jogadores sobre a necessidade de pontuar em Santa Catarina, mesmo com os últimos bons resultados. Desde que assumiu o time, o treinador disputou nove pontos e conquistou sete, mas alertou seus comandados sobre a pouca importância do retrospecto recente.

“Apesar dos resultados positivos, não podemos cair na armadilha e acharmos que estamos próximos do nosso objetivo. Esta sensação não é real. A nossa pontuação não é suficiente para ficarmos tranqüilos, pois se perdermos continuaremos flertando com a zona de rebaixamento. Temos que somar pontos sempre”, prega René.

Os comandados concordam com o chefe e acreditam que conseguir ao menos um empate em Florianópolis é fundamental. Apesar disso reconhecem que o grau de dificuldade do duelo será grande pela necessidade de vitória dos anfitriões nesta quinta-feira.

“Seria melhor enfrentar o Figueirense sem que eles precisassem tanto do resultado. Mas, como o nosso adversário necessita tanto quanto a gente desses três pontos, a partida ganha um caráter decisivo e isso é muito ruim. Temos que passar por cima disso tudo e buscar os pontos necessários para termos um pouco mais de tranqüilidade na tabela”, analisou o zagueiro Luiz Alberto.

René já definiu que vai repetir a escalação que derrotou o Palmeiras. O volante Romeu, liberado para treinar com bola após se recuperar de entorse no tornozelo esquerdo, ainda não conta com a confiança do treinador, que ainda não o considera seguro para entrar em campo. Por isso, Wellington Monteiro está mantido no setor. O atacante Ciel, que cumpriu suspensão contra os palmeirenses, é opção no banco de reservas.

Pelo lado do Figueirense, o técnico Mário Sérgio tem agido como psicólogo para levantar o moral do elenco, dono da pior campanha do segundo turno. Muitos torcedores estão descrentes e o time é apontado como sério candidato ao rebaixamento. Mesmo assim, o treinador encontra palavras para motivar o plantel.

“Os desafios fazem parte da vida de qualquer profissional e no futebol não é diferente. Não vejo motivo para desanimarmos, pois estamos em condições de escaparmos do rebaixamento e por enquanto dependemos apenas das nossas próprias forças. Estou procurando mostrar aos atletas como a situação vai se modificar no caso de conquistarmos três pontos nesta quinta-feira”, afirmou Mário.

O treinador não confirmou o time que vai a campo e chegou a realizar treinos secretos. O zagueiro Alex é desfalque certo, suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo contra o Santos. A tendência é que Leandro Carvalho ganhe a posição.

FICHA TÉCNICA
FIGUEIRENSE x FLUMINENSE

Local:
Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Data: 30 de outubro de 2008, quinta-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (Fifa-SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Márcio Luiz Augusto (SP)

FIGUEIRENSE: Wilson, Bruno Perone, Asprilla e Leandro Carvalho; Diogo, Gomes, Marquinho, Ramon e William Matheus; Wellington Amorim e Tadeu
Técnico: Mário Sérgio

FLUMINENSE: Fernando Henrique, Carlinhos, Thiago Silva, Luiz Alberto e Júnior César; Fabinho, Wellington Monteiro, Arouca e Conca; Everton Santos e Washington
Técnico: René Simões


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo