iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/10 - 00:40

Flamengo empata com Vitória e sai do G-4
Resultado fez rubro-negro cair para a 5ª posição com 56 pontos, enquanto Vitória ficou na 9ª colocação com 45

Gazeta Esportiva


SALVADOR -
Vitória e Flamengo não saíram do zero na partida disputada nesta quarta-feira, no Barradão, em Salvador, pelo Campeonato Brasileiro. O resultado fez o rubro-negro carioca cair para a quinta posição com 56 pontos ganhos, enquanto o Vitória ficou na nona colocação com 45 pontos. O jogo ficou interrompido durante 25 minutos no começo do primeiro tempo por causa de um defeito na torre de iluminação do estádio.

O resultado acabou sendo bom para o Flamengo, que foi dominado durante a maior parte do jogo e teve no atacante Obina uma figura apagada em campo. O time de Caio Júnior teve que lutar muito para segurar o ímpeto do time da casa, que não se abalou com a fama do visitante e procurou tomar a iniciativa da partida desde o primeiro minuto.

Na próxima rodada, o Flamengo receberá a Portuguesa no Maracanã enquanto o Vitória vai encarar o Náutico nos Aflitos.

O jogo
A partida começou movimentada. Logo aos dois minutos, Obina foi lançado na área mas o goleiro Viáfara saiu bem do gol e tirou a bola do atacante. A resposta do time da casa veio em chute do meia Jackson que explodiu em cima da barreira e quase surpreendeu o goleiro Bruno. Aos seis minutos, um problema nas torres de iluminação do Barradão acabou causando a interrupção da partida por 25 minutos.

Quando o jogo foi reiniciado, o Vitória criou a primeira jogada de perigo aos sete minutos com um chute perigoso de Marquinhos que passou raspando à trave do goleiro da equipe carioca. Aos nove foi a vez de Marcelinho Paraíba arriscar de fora da área e assustar a torcida baiana. A partida con tinuava muito disputada com as duas equipes procurando imprimir velocidade ao jogo.

O Vitória, que vigiava de perto os laterais Leonardo Moura e Juan, voltou a criar uma jogada perigosa aos 24 minutos em conclusão de Jackson que obrigou Bruno a fazer boa defesa. No minuto seguinte, o goleiro do Flamengo voltou a trabalhar, agora em chute de Marquinhos.

Os dois times continuavam jogando de forma franca, procurando a marcação do primeiro gol. Nos minutos finais do primeiro tempo, o Vitória aumentou a pressão mas o goleiro Bruno evitou com duas defesas seguras que o time da casa abrisse o marcador em chutes de Rodrigão.

Os dois times voltaram para o segundo tempo com as mesmas equipes. E o Vitória começou bem melhor do que o rubro-negro carioca e antes dos dez minutos, Rodrigo e Marquinhos já tinham obrigado o goleiro Bruno a trabalhar para evitar o primeiro gol da equipe baiana.

O time da casa mantinha a posse de bola, enquanto o meio campo do Flamengo tinha muita dificuldade de se organizar e fazer lançamentos para Obina sempre muito isolado entre os zagueiros. Mesmo assim, o atacante desperdiçou uma ótima chance aos 15 minutos ao escorar para fora um cruzamento quando estava livre na área.

Insatisfeito com a má atuação de Marcelinho Paraíba, o técnico Caio Júnior decidiu colocar o argentino Maxi ao lado de Obina, numa tentativa de tornar o ataque mais rápido. Como a produção da equipe não melhor, o treinador da equipe carioca decidiu tirar o improdutivo Ibson e colocou o chileno Fierro.

O Vitória continuava atacando pela esquerda com Marcelo Cordeiro, que levava sempre vantagem sobre Leonardo Moura mas concluía com defeito. Já o Flamengo passou a jogar de forma mais ofensiva e quase marca aos 31 minutos quando Fierro foi lançado na área, dividiu com o goleiro Viáfara e o zagueiro Leonardo acabou afastando o perigo.

Os dois times se lançaram ao ataque de peito aberto e o Vitória voltou a ser outra grande oportunidade aos 40 minutos, quando Marcelo Cordeiro driblou Jailton na pequena área e chutou cruzado para fora quando dois atacantes esperavam o passe sem qualquer marcação dentro da área carioca.

Em uma última tentativa, Caio Júnior trocou Obina por Vandinho mas nada aconteceu de positivo. O Vitória pressionou até o final mas o rubro-negro carioca soube segurar o empate.

FICHA TÉCNICA (veja como foi lance a lance)
VITÓRIA 0 X 0 FLAMENGO

Local:
Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data: 29 de outubro de 2008, quarta-feira
Horário: 21h50 (horário de Brasília)
Árbitro: Sálvio Spínola (Fifa-SP)
Assistentes: Marcelino Tomaz (SP) e Marcelo Carvalho (SP)
Cartão Amarelo: Jackson, Leonardo Silva, Marco Aurélio e Williams (Vit); Kléberson e Obina (Fla);

VITÓRIA: Viáfara; Marco Aurélio, Leonardo Silva, Thiago Gomes e Marcelo Cordeiro; Vanderson, Renan, Jackson (Ramon) e Williams(Ricardinho); Marquinhos e Rodrigão (Robert)
Técnico: Vagner Mancini

FLAMENGO: Bruno; Jaílton, Fábio Luciano e Ronaldo Angelim; Leonardo Moura, Toró, Kléberson, Ibson (Fierro) e Juan; Marcelinho Paraíba (Maxi) e Obina (Vandinho)
Técnico: Caio Júnior


Leia mais sobre: Flamengo Vitória



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Futura Press

Tudo igual
Rubro-negros fizeram partida movimentada, mas o gol não apareceu no Barradão

Topo