iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/10 - 11:30

Ballack deixará de ser capitão para permanecer na Alemanha, diz jornal

Segundo Jornal Alemão, este seria o compromisso acertado para que o jogador fique no grupo até a Copa de 2010

EFE

BERLIM (Alemanha) - O meio-campo Michael Ballack pode renunciar ao posto de capitão da seleção alemã como forma de permanecer na equipe após a recente briga com o técnico Joachim Löw, informou o jornal "Abenzeitung".

Segundo a publicação, este seria o compromisso acertado ambos para que o jogador do Chelsea fique no grupo até a Copa do Mundo de 2010. O "Abenzeitung" ainda aponta seu sucessor: o lateral Philipp Lahm, do Bayern de Munique.

Ballack criticou abertamente a metodologia de trabalho de Löw em recente entrevista, o que irritou o técnico. Ele exigiu que o meio-campo pedisse desculpas - o que acabou fazendo, mas por meio de um comunicado.

Ambos ainda não se encontraram para falar sobre o assunto, uma exigência de Löw.

A atitude de Ballack foi duramente criticada tanto pelo ex-jogador Franz Beckenbauer, idolo do futebol no país, como presidente da federação, Theo Zwanziger. Eles consideraram a ação "intolerável".

A imprensa alemã fala há dias que Ballack seguiria o caminho do atacante teuto-brasileiro Kevin Kuranyi, expulso da seleção por deixar o grupo em plena disputa das Eliminatórias alegando falta de oportunidade para jogar.

As críticas de Ballack acentuaram a sensação de caos interno e falta de autoridade na seleção, já que foram acompanhadas das declarações de Kuranyi e do volante Torsten Frings, outro que se sente relegado pelo treinador.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias