iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/10 - 17:20

Após morte de presidente, Boca enfrenta líder San Lorenzo pelo Argentino

Equipe entrará em campo de luto pela morte de Pedro Pompillo

EFE

BUENOS AIRES (Argentina) - Abalado pela morte de seu presidente, Pedro Pompilio, o Boca Juniors enfrentará o San Lorenzo no domingo, pela 13ª rodada do torneio Apertura do Campeonato Argentino.

Na partida marcada para o estádio de La Bombonera, a equipe da casa poderá empatar em pontos com o adversário, em caso de vitória.

O time de Almagro tem 26 pontos, três a mais que o Boca.

No entanto, os comandados de Carlos Ischia precisarão superar a perda de seu presidente, ocorrida nesta quinta-feira.

Uma fonte do clube disse hoje que a família do dirigente pediu que a partida não fosse suspensa. Por sua vez, o atacante Martín Palermo, afastado por lesão, disse que "a melhor homenagem seria a equipe entrar em campo".

Já Ischia disse após a vitória de 1 a 0 sobre o Banfield, na última rodada, que o Boca precisa de um resultado positivo no domingo "para continuar sua caminhada rumo ao título".

"Nossa equipe precisa da vitória. Faltam sete rodadas para o fim do Apertura, superamos um momento difícil e conseguimos três vitórias consecutivas. Estamos bem", afirmou.

Pelo lado do San Lorenzo, o técnico Miguel Ángel Russo minimizou os recentes tropeços da equipe, que resultaram na perda de uma longa vantagem para os concorrentes. Após a 11ª rodada, a equipe passou a dividir a ponta com o Tigre.

"Vejo que alguns se encorajam por alguns bons resultados, mas nós estamos mais vivos que nunca. Seguimos na liderança e, mesmo não estando em nosso melhor nível, acho que temos uma equipe ruim", disse.

Entretanto, o time de Almagro não poderá contar com o zagueiro Gastón Aguirre e o meia Juan Manuel Torres, suspensos.

Por sua vez, o Tigre visitará no sábado o Argentinos Juniors, adversário do Palmeiras nas quartas-de-final da Copa Sul-Americana e que vem de uma derrota por 5 a 2 para o Colón.

Para Diego Cagna, técnico do Tigre, é "inevitável" que seus jogadores estejam empolgados com a boa campanha.

Já o River Plate chega à 12ª rodada ocupando a lanterna da competição. A equipe visitará o Lanús fora de casa e tentará acabar com o jejum de dez partidas sem vitória.

Apesar do péssimo momento, o técnico Diego Simeone garantiu que ficará no cargo e afirmou que já foi procurado pela diretoria para negociar a renovação de seu contrato. EFE ee/plc


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo