iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/10 - 16:01

Na volta ao Orlando Scarpelli, Flu se apóia em título de 2007

Último título do Tricolor, a Copa do Brasil de 2007, foi em cima dos catarinenses

Gazeta Esportiva

FLORIANÓPOLIS - Na briga para escapar de vez do perigo de voltar à Série B do Campeonato Brasileiro, o Fluminense visita nesta quinta-feira um palco que lhe traz boas recordações desde 2007. O Orlando Scarpelli, estádio que sedia o confronto com o Figueirense, foi o local onde os cariocas levantaram a Copa do Brasil da temporada passada.

E é nesta recordação que os tricolores se motivam.

Apesar de o clube já ter voltado à casa do alvinegro catarinense em 31 de outubro do ano passado – e vencido por 2 a 0, pelo Brasileiro –, a vitória por 1 a 0 que valeu o primeiro título nacional ao clube em 23 anos ainda está viva na lembrança do time hoje comandado por René Simões.

Mesmo vetado para a partida desta quinta-feira, o lesionado Roger, autor do gol que deu a taça à equipe, é o que mais ressalta as marcas daquele triunfo. “É o tipo de jogo que a gente não esquece. O primeiro registro que tenho guardado na minha mente, é claro, é o gol”, apontou o zagueiro, que vê semelhanças entre a final da Copa do Brasil e o jogo pelo desta semana.

“Em 2007, valia um título. Agora também é decisão. Esse é o chamado jogo de seis pontos. Quem vencer dá uma subida ainda maior na tabela, e todos aqui no Fluminense estão com esse objetivo: garantir o clube o mais rápido possível na série A de 2009”, pregou o defensor, ainda incomodado em ver seu time a dois pontos da zona de rebaixamento, assim como o Figueirense.

O discurso de boas recordações, no entanto, parece se limitar a Roger. O volante Fabinho, confirmado nesta quinta-feira, concorda que há em Florianópolis um ambiente favorável ao Flu, mas repreende quem quer viver apenas de lembranças. “O Orlando Scarpelli vai ficar sempre na memória, assim como a cidade. Foi lá que conquistamos a Copa do Brasil. Só que agora vai ser outra história e sabemos das dificuldades”, analisou.

No ‘veto’ à memória de felicidades recentes também está a vitória por 3 a 0 sobre o Palmeiras, sábado no Maracanã. “Foi uma vitória que nos dá mais confiança para as partidas seguintes. Nosso trabalho ainda não acabou. Ganhamos do Palmeiras, mas agora é pensar no Figueirense. Não dá para ficar pensando no que passou”, argumentou o lateral-esquerdo Júnior César.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo