iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/10 - 21:54

Marcelo Oliveira reconhece luta, mas reclama da falta de atletas

“Teve muito mérito o Coritiba porque pressionou, tem um time veloz, de muita técnica e isto é que controlou o jogo", disse

Gazeta Esportiva

CURITIBA - Após mais uma derrota no Campeonato Brasileiro, o técnico Marcelo Oliveira, do Atlético-MG, aceitou bem o resultado. Ele destacou a postura de sua equipe e exaltou as qualidades do Coritiba, que, mesmo bastante pressionado por sua própria torcida, venceu por 2 a 1, após descer em desvantagem para o vestiário.

“Teve muito mérito o Coritiba porque pressionou, tem um time veloz, de muita técnica e isto é que controlou o jogo. Eu não diria tanto da baixa do Atlético. Nós tivemos algumas infelicidades, mas a determinação do Atlético foi sempre a mesma”, reconheceu o comandante alvinegro.

O técnico destacou o bonito gol do lateral Ricardinho, que batendo de fora da área, empatou para o Coritiba. “Ele cortou bem pelo meio, conseguiu passar pelo Sheslon. É um jogador perigoso, eu já havia alertado”, contou.

Mas Marcelo Oliveira aproveitou ainda para dar uma alfinetada no ex-jogador do Galo. “Jogou lá no Atlético, nunca fez um gol assim nem no treinamento, mas a vida segue”, lembrou.

Tendo assumido o time após várias limpas em um grupo mal montado, Marcelo Oliveira lamentou ter que utilizar Nen no meio-campo após a contusão de Serginho. “Nós temos um elenco um pouco desequilibrado. Eu tive que botar um zagueiro como volante hoje (quarta-feira).

O Serginho é um jogador importantíssimo, cresceu de produção, marca, sai para o jogo, mas infelizmente machucou prematuramente e nos fez falta”, lamentou.


Leia mais sobre: Brasileirão Atlético-MG



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo