iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/10 - 13:36

Ex-presidente do Napoli diz que Maradona era "treinador dentro de campo"
"Bigon era mais um preparador físico do que treinador. Maradona continuava sendo o técnico no campo", disse

EFE

ROMA (Itália) - O ex-presidente do Napoli, Corrado Ferlaino, disse que Diego Maradona, novo técnico da seleção argentina, já se comportava como um treinador na sua época de jogador.

O astro argentino atuou pela equipe italiana de 1984 a 1991, ao lado dos brasileiros Alemão e Careca.

"Quando estava no Napoli, Maradona era como um treinador dentro de campo. Durante um tempo, (o técnico italiano Ottavio) Bianchi era o treinador, mas a partir de segunda temporada, os jogadores já não falavam com ele, e Maradona acabava sendo o verdadeiro treinador", disse a uma rádio italiana.

O sucessor de Bianchi, Alberto Bigon, também não era considerado pelos jogadores como o verdadeiro treinador, segundo o ex-presidente.

"Bigon era mais um preparador físico do que treinador. Maradona continuava sendo o técnico no campo", disse.

Entre os conselhos ao ex-jogador do Napoli, Ferlaino disse que o argentino deve se "esforçar ao máximo".

"Diego precisará mudar a mentalidade de jogador para a de um preparador de equipes", afirmou.

Por sua vez, o proprietário do Milan e primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, disse que espera que Maradona "tenha colocado a cabeça no lugar".

Diego Maradona foi anunciado como novo técnico da seleção argentina na terça-feira. Carlos Bilardo, que comandou a equipe na conquista da Copa do Mundo de 1986, passará a ser o diretor-geral, enquanto Fernando Signorini será o preparador físico.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo