iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

28/10 - 21:05

Palmeiras: só vitória contra o Goiás mantém sonho do título

Derrota para o Fluminense deixou o Verdão em estado de alerta. Mais um tropeço e adeus título

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Com o maior investimento do futebol brasileiro em 2008, o Palmeiras está sob pressão. A derrota para o Fluminense deixou a equipe de Palestra Itália quatro pontos atrás do líder Grêmio, com sete rodadas para o final do Campeonato Brasileiro.

Por isso, a partida desta quarta-feira contra o Goiás, às 20h30 (de Brasília), no Parque Antártica, é decisiva. Um tropeço ante um rival pode significar até o fim do sonho do pentacampeonato nacional.

A torcida já mostrou sua insatisfação em relação aos últimos resultados. Na manhã desta terça-feira, um dos portões da Academia de Futebol amanheceu pichado com a seguinte frase: “Raça Verdão”. A diretoria preferiu abafar o caso e manter o apoio ao elenco.

Mesmo assim, os jogadores estão cientes das cobranças. Desta forma, prometem entrar em campo com um espírito de final, apesar de enfrentar um rival que está sem grandes perspectivas na competição (o Goiás é nono colocado e só briga por vaga na Sul-americana). “A gente pode mostrar o quanto é forte. Tem que brigar até o final. Temos chances ainda de título, com confrontos diretos. Só nos resta ganhar agora”, alerta o meia Diego Souza.

Neste momento, o grupo alviverde será obrigado a provar sua união. O início da semana foi turbulento no Parque Antártica. Capitão do time, o goleiro Marcos deixou o gramado do Maracanã no final de semana disparando críticas aos companheiros. O meio-campista Diego Souza discordou do arqueiro e pediu para que os problemas sejam resolvidos internamente. A confusão motivou uma reunião entre elenco e comissão técnica na Academia de Futebol.

Experiente, o zagueiro Roque Júnior espera que os jogadores esqueçam as desavenças e mantenham a concentração no Goiás. “Estava tudo normal até a derrota que tivemos na Copa Sul-americana (para o Argentinos Juniors). Não podemos mais mudar o resultado do Fluminense”, aconselha. “Mas todos estão reagindo bem”, emenda o pentacampeão, evitando polêmicas.

Mesmo com os problemas encontrados nos últimos dias, Diego Souza rechaça classificar o atual momento como o pior da temporada para o Palmeiras. “Vivemos outras dificuldades no Campeonato Paulista, na Copa do Brasil e até no Brasileiro”, aponta.

Para enfrentar o Goiás, o técnico Wanderley Luxemburgo tem dois desfalques: o lateral-direito Elder Granja segue machucado, enquanto o volante Martinez está suspenso. Em compensação, retornam ao time o zagueiro Roque Júnior e os meio-campistas Diego Souza e Léo Lima. Pelo treino do dia anterior, o time pode ser escalado até no esquema 4-4-2.

No Goiás, o técnico Hélio dos Anjos será obrigado a mudar a zaga. Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o zagueiro Henrique cede seu lugar a Rafael Marques. Outro problema é a lesão do meia-atacante Romerito. Júlio César, Rafael Marques e Ramalho são as novidades.

Como aconteceu no Palmeiras, o Goiás também passou por um momento instável após a inesperada derrota da semana passada contra o Vasco, no estádio Serra Dourada. O experiente atacante Iarley perdeu a cabeça e chegou a se desentender com os jornalistas.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS X GOIÁS

Local: Estádio Parque Antártica, em São Paulo (SP)
Data: 29 de outubro de 2008, quarta-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner Tardelli Azevedo (Fifa-SC)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (SC) e Aparecido Donizetti Santana (PR)

PALMEIRAS: Marcos; Fabinho Capixaba, Gustavo, Roque Júnior e Leandro; Jumar, Pierre, Diego Souza e Evandro; Kléber e Alex Mineiro
Técnico: Wanderley Luxemburgo

GOIÁS: Harlei; Vitor, Ernando, Henrique, Daniel Marques e Thiago Feltri; Fahel, Ramalho, Júlio César e Paulo Baier; Iarley.
Técnico: Hélio dos Anjos.


Leia mais sobre: Palmeiras Goiás Campeonato Brasileiro



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo